O despertar da Igreja do Reich Evangélico

Império Religioso – “A parte inferior desta carta diz: “Este grupo pode interferir em qualquer ataque privilegiado realizado por (ou feito com a ajuda de) qualquer grupo Íntegro ou Conservador. Se ele fizer isso, o ataque não é mais privilegiado.”

 A recente briga por fiei$ entre a IURD do bispo abortista e a IMPD do seu ex-discípulo,  o “apóstolo” Valdemiro,  é um exemplo de como a igreja da nova era está sendo criada.

A palavra reich vem da expressão alemã “Reichskirche” que significa a igreja do império. Durante a criação da igreja nazista, a igreja evangélica alemã esteve presente e adotou a liderança carismática como estratégia de controle espiritual das massas. Embora essa liderança tenha sido praticada no regime fascista de Benito Mussolini na Itália, ela foi incorporada ao nazismo.

(Paradas dos Deutsche Christen-protestantes nazistas)

 Infelizmente, a oratória de Hitler está muito presente em algumas igrejas evangélicas através de seus mega líderes. Os principais pontos para empolgar as massas continuam sendo os mesmos, como: pausa durante as frases, firmeza no que está sendo falado e a entonação em voz mais alta em um determinado ponto do discurso (aqui chamamos de pregação do evangelho falsificado). A conseqüência disso é o aplauso das massas empolgadas movidas pela emoção do pregador.

 Abaixo temos um discurso de Hitler como exemplo. Se observarmos como esses mega líderes pregam, veremos que a forma é a mesma. Hitler fala de forma pausada e lenta dos 0:50 aos 1:45, e logo em seguida arranca aplausos. Aos 1:58 ele aumenta a entonação (fala praticamente gritando) e o povo que está mais idiotizado bate palmas mais longas aos 2:16.

 

 Nesse outro vídeo temos o Pr. Marco Feliciano que também entrou nessa guerrinha estúpida para conseguir algumas ovelha$ da IURD. Ele usa a mesma técnica de Hitler. Primeiro ele começa falando de forma quase natural e arranca aplausos (0:16 do vídeo). Logo em seguida aumenta (fala gritando mesmo) a entonação e recebe aplausos bem mais fervorosos (0:43 do vídeo) . Ora, se de fato esse ser quisesse se comportar como cristão era só ter falado de forma natural. E o pior de tudo é que essa técnica fascista de oratória é amplamente ensinada nas escolas de pastores.

 

 O fascismo se infiltrou no meio evangélico para ter o controle total das massas através de seus líderes; mas agora na ordem mundial de Baha’u’llah, através de seu executivo mundial, a tendência é que esse pessoal seja totalmente fiel ao governo mundial e acabe colocando em prática uma das diretrizes da igreja dos nazis descrita abaixo:

  “ 5. A Igreja Nacional se dispõe a exterminar irrevogavelmente (…) as crenças cristãs estranhas e estrangeiras trazidas para a Alemanha no malfadado ano de 800.”

 Entende-se por extermínio de cristãos aqueles que serão deixados para trás e vão se opor ao  falso reino de deus na terra, que virá através da economia verde. Isso acontece para que se cumpra a palavra de DEUS descrita abaixo:

 “E o irmão entregará à morte o irmão, e o pai ao filho; e levantar-se-ão os filhos contra os pais, e os farão morrer.”  (Marcos 13 : 12)

 O fascismo evangélico já está enraizado em muitas pessoas, pois não adianta denunciar ou revelar os poderes desses mega líderes, que muitos os seguirão até o abismo do inferno. E se alguém contrariar estará infringindo a famosa lei que diz: “não toque no ungido do senhor”, sendo que esses jamais receberam uma unção e não passam de enganadores:

 “E TAMBÉM houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição.”  (II Pedro 2 : 1)

 Ora, se eles estão negando a CRISTO? Isso já acontece faz tempo. Basta olhar para a Teologia da Prosperidade, a Teologia da Cura e outras mais.

 Se eles são fiéis à ordem mundial de Baha’u’llah? Basta voltar no tempo e olhar para a famosa unção do nove criada por Malafaia e Cerullo.

http://caiafarsa.wordpress.com/a-igreja-de-hitler/