Notícias bizarras da unicidade

Baha’u’llah, através do poder mágico de seus escritos, tem influenciado mentes e corações para que implantem o seu reino da unicidade. A unicidade, ou unidade da humanidade, nada mais é do que a aceitação comportamental bizarra como algo normal.

Apesar de jamais terem lido o seu Kitáb-i-aqdas, a carta magna da nova ordem mundial, os governantes e líderes da Terra acatam seus princípios como o descrito abaixo:

K-162. “Se Ele decretar lícito o que desde tempos imemoriais fora proibido (…)  a ninguém é dado o direito de Lhe questionar a autoridade…”

Coisas que já mais pensamos que seriam toleradas agora começam a fazer parte da rotina da unicidade.  Abaixo temos algumas – apenas algumas – notícias que servem de exemplo do que o senhor da unicidade tem feito:

Justiça gaúcha retira símbolos religiosos de seus prédios – O Conselho da Magistratura do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul determinou a retirada de símbolos religiosos, como crucifixos, dos espaços públicos dos prédios da Justiça no Estado. A decisão administrativa foi tomada ontem, na primeira reunião do ano, por unanimidade, e atendeu a pedido da Liga Brasileira de Lésbicas e outras entidades sociais formulado em novembro do ano passado. O gestores dos prédios serão notificados nos próximos dias.

 LSD pode ajudar alcoólatras a parar de beber, dizem cientistas – Uma única dose da droga alucinógena LSD poderia ajudar alcoólatras a parar de beber, segundo uma análise de pesquisas realizadas nos anos 1960. O estudo, publicado no ‘Journal of Psychopharmacology’, utilizou informações de seis experimentos envolvendo mais de 500 pacientes e concluiu que a droga teve um ‘efeito benéfico significativo’ contra o abuso de álcool, que durou por vários meses depois que a substância foi utilizada.

 Famoso pastor televangelista defende a legalização da maconha para diminuir o número de prisões –  O polêmico pastor Pat Robertson defendeu em seu programa “The 700 Club” a legalização da posse de pequenas quantidades de maconha para as pessoas. Essa tese já havia sido defendida por ele anos atrás, porém, na época, a equipe de assessores dele remediou dizendo que as declarações haviam sido mal interpretadas.

 

No último dia 06/03, o pastor afirmou que para reduzir a superlotação das cadeias norte-americanas, e também a despesa do governo com detentos, a lei que proíbe o consumo de maconha deveria ser alterada, permitindo a posse de pequenas quantidades.

“Eu, porém, disse: Deveras estes são pobres; são loucos, pois não sabem o caminho do SENHOR, nem o juízo do seu Deus.”  (Jeremias 5 : 4)

Agradecimento aos leitores (as) que preferem ficar anônimo pelo envio dos links

http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2012/03/lsd-pode-ajudar-alcoolatras-a-parar-de-beber-dizem-cientistas.html

http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,justica-gaucha-retira-simbolos-religiosos-de-seus-predios–,845104,0.htm

http://noticias.gospelmais.com.br/pastor-defende-legalizacao-maconha-diminuir-numero-prisoes-31486.html?utm_medium=twitter&utm_source=twitterfeed

Anúncios