Novo secretário defende fim da prisão para pequenos traficantes

Resumo da notícia: “BRASÍLIA – O novo secretário Nacional de Políticas sobre Drogas, Pedro Abramovay, defendeu nesta segunda-feira a aprovação do projeto que prevê o fim da prisão para pequenos traficantes, que atuam no varejo apenas para sustentar o próprio vício. São pessoas que, segundo a definição do secretário, estariam numa situação intermediária entre o usuário e o traficante ligado ao crime organizado. A atual lei está abarrotando os já superlotados presídios brasileiros: dos 70 mil presos nos últimos quatro anos, 40 mil são pequenos traficantes. Abramovay vê com simpatia também a experiência de Portugal que, há dez anos, liberou o consumo de pequenas quantidades de droga…”

Comentário: Com essa medida, o novo secretário permitirá  que  um pedreiro usuário que trafica e fuma crack, esteja totalmente livre para “trabalhar” na criação de novos zumbis; e tudo isso cumprindo a agenda internacional de globalização como ele diz abaixo.  O repórter pergunta sobre a maconha, mas o crack também está incluso no pacote da diversidade:

Mas o senhor é a favor da liberação do consumo da maconha?

“ABRAMOVAY: Não dá para você ter uma solução num só país para o tema. O ministro (da Justiça, José Eduardo Cardozo) defendeu uma discussão livre de preconceito. Primeiro, a gente tem compromissos internacionais sobre esse tema…”

Ora, esse ensinamento, os compromissos internacionais,   é inspirado no  fim de todo tipo de preconceito, um dos 12 princípios criados  pelos princípios do cristo cósmico Baha’u’llah

Além disso,  os zumbis brasileiros estão criando uma nova forma de economia global que vai desde uma falsa ajuda humanitária, onde o dinheiro público é administrado por ONGS de maconheiros  ligadas aos partidos políticos, até uma desvalorização imobiliária para que esses mesmos políticos (PSDB+PT) possam lucrar com uma futura valorização como no projeto nova luz.

http://oglobo.globo.com/politica/drogas-novo-secretario-defende-fim-da-prisao-para-pequenos-traficantes-2839509