95 % dos americanos estão preparados para enfrentar zumbis, diz CDC

Resumo da notícia: “Agência de saúde dos EUA faz campanha contra apocalipse zumbi – Mortos-vivos foram usados pelo CDC como metáfora de emergências reais. Pesquisadora diz que agência não teme epidemia de zumbis.Uma pesquisa informal conduzida na internet indicou que 95% das pessoas que leram uma história em quadrinhos sobre um apocalipse zumbi se diziam preparadas para lidar com qualquer tipo de situação de emergência nos Estados Unidos. “

 Comentário: O Apocalipse zumbi está muito longe de ser uma metáfora. A história em quadrinhos feita pelo CDC mostra uma situação onde as pessoas são perseguidas por zumbis  e precisam aprender se defender e não possuem nada em comum com uma epidemia.

 A verdade é que com o batismo do falso espírito santo de Baha’u’lllah, chamado de Z5n1 no gibi,  algumas pessoas, especialmente viciados em crack, terão distúrbios mentais e passarão a se comportar de forma agressiva rastejando pelas ruas.

 No bizarro manual do CDC, os americanos são alertados para ficar dentro de suas casas usando um kit de sobrevivência por três dias, ou seja, com pouca gente circulando na rua é mais fácil desaparecer com os zumbis.

 Esse curto período de confinamento para o extermínio acaba sendo complementado no livro de políticas internacionais para zumbis feito  por Daniel Drezner como descrito abaixo:

 “..Seu trabalho teve início depois de ele ler um estudo de matemáticos do Canadá, avaliando pandemias, analisando os zumbis como um agente patógeno e mostrando que, a menos que destruíssemos os zumbis muito rapidamente, a civilização como conhecemos iria acabar…”

 ‘Risco real’

Por conta da “moda” dos zumbis na ficção pop, já houve trabalhos científicos analisando as possibilidades reais de um ataque de zumbis. Segundo Drezner, que estudou quase tudo o que já se escreveu sobre os mortos-vivos, “as conclusões mais aprofundadas mostram que a existência de zumbis é um pouco mais provável de que a de vampiros. Por isso defendo que devemos dar mais atenção a zumbis de que a vampiros”.

 Segundo o autor do livro, o Brasil não terá muitos problemas com os zumbis devido à rápida expansão da classe C:

 “Mas o Brasil é uma potência ascendente, e provavelmente conseguiria evitar um problema maior com os zumbis.”, diz Drezner.

Aqui fica a sugestão para o governo do PT  que pode  criar uma linha de crédito (Banco do Brasil ,  Caixa Econômica e Bancos Privados)  para os zumbis brasileiros comprarem suas pedras.

http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2012/02/agencia-de-saude-dos-eua-faz-campanha-contra-apocalipse-zumbi.html

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2010/12/livro-academico-estuda-efeitos-de-ataque-de-zumbis-no-mundo.html

Agradecimenos ao blog www.juizofinal.wordpress.com