• janeiro 2012
    S T Q Q S S D
    « dez   fev »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031  
  • Anúncios

Zumbis do crack vencem a PM e se arrastam pelas ruas fumando

PM escolta ‘procissão do crack’ no 1º fim de semana de ocupação do centro

Sem conseguir cortar tráfico, restou seguir a caminhada forçada dos viciados; moradores reclamam de novos pontos

SÃO PAULO – A estratégia de impor “dor e sofrimento” aos dependentes criou uma situação inusitada no primeiro sábado após a ocupação da cracolândia, no centro de São Paulo. Com o tráfico a todo vapor e sem conseguir cortar a rota de fornecimento da droga, restou à PM escoltar pelas ruas centrais da cidade grupos gigantescos, de até cem pessoas, em uma estranha “procissão do crack”, iluminada pelos Giroflex das viaturas noite adentro. O Estado acompanhou a “peregrinação” entre as 20h e as 23h.

A perseguição aos usuários criou uma “cracolândia itinerante” no quadrilátero entre as Avenidas Duque de Caxias, São João e Ipiranga e Estação da Luz. Em alguns momentos de “folga” na caminhada forçada imposta pela polícia, os grupos paravam para acender os cachimbos e descansar. Depois de alguns minutos, voltavam a andar. Sem destino (..)

Descrença. Os próprios policiais parecem cansados da “procissão do crack”. “Enquanto a droga estiver chegando aqui, não tem jeito. A gente só vai enxugar gelo. Honro a minha farda, faço o meu trabalho, mas não sou ingênuo. Tem corrupção policial, colaboração de comerciante, muita gente envolvida, muita grana nisso aí. Tem de cortar o mal pela raiz”, afirmou um PM logo depois de abordar dois jovens suspeitos em uma das esquinas do bairro.

O cansaço e a falta de perspectiva também foram relatados por outros policiais e guardas-civis metropolitanos, que perderam a fé no resultado final e estão apenas “cumprindo ordens”, segundo eles mesmos.

Comentário: E assim, as leis do cristo cósmico rugem  como leão e em nome da unicidade  através do fim de toda forma de preconceito procurando a quem possa tragar:

“K-162. Se Ele decretar lícito o que desde tempos imemoriais fora proibido(…) a ninguém é dado o direito de Lhe questionar a autoridade…” (Kitáb-i-aqdas – Baha’u’llah).

Anúncios

Inglaterra já se prepara para criar uma Taxa Tobin global

Itália está disposta a aceitar taxa financeira em nível europeu

A Itália está disposta a trabalhar para a introdução de uma taxa financeira “em nível de União Europeia”, declarou neste domingo o chefe de governo italiano, Mario Monti, que descartou implantá-la apenas em seu país. “Estamos dispostos a trabalhar, em nível de União Europeia”, na criação de uma taxa sobre as transações financeiras, disse Monti a um jornalista da emissora estatal RAI3.

“O governo de Berlusconi expressou sua oposição ao nível europeu (da taxa), mas eu expressei que o governo italiano tem uma posição aberta sobre este tema”, assinalou Monti. “Estamos dispostos a trabalhar, mas nunca se envolver apenas a Itália. Numa fase em que temos um grande interesse em obter uma colaboração estreita de países como Alemanha e França, por que não?”, questionou o chefe de governo italiano.

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, afirmou na última sexta-feira que não irá esperar os demais sócios europeus para introduzir a taxa sobre as transações financeiras. Já a Alemanha lembrou que sua posição permanece a mesma, com o objetivo de “obter a criação de um imposto sobre as transações financeiras na União Europeia”, segundo o porta-voz do governo alemão, Steffen Seibert.

O premier britânico, David Cameron, reiterou neste domingo sua oposição a uma taxa europeia sobre as transações financeiras, a menos que a mesma seja decidida em nível mundial. O imposto, proposto em 1972 pelo economista americano James Tobin e apoiado pelas organizações antiglobalização, foi ignorado pelos governos, até ser resgatado por Sarkozy, a chanceler alemã, Angela Merkel, e a Comissão Europeia.

 

http://not.economia.terra.com.br/noticias/noticia.aspx?idNoticia=201201082237_AFP_80697527

Jornalista fala no ar toda a verdade sobre o carnaval