O fogo do cristo cósmico

Entende-se por esse fogo a manifestação espiritual do cristo  cósmico Baha’u’llah e as suas conseqüências para a humanidade. Baháis aguardam ansiosamente por esse dia com base nos livros deixados pelo Guardião da Fé como o descrito abaixo:

“…E quando chegar a hora marcada, aparecerá de súbito o que fará tremerem os membros do gênero humano. Então, e somente então, será içado o Estandarte Divino e o Rouxinol do Paraíso cantará sua melodia… ( A Ordem Mundial de Baha’u’llah – Shoghi Effendi)”

Se JESUS tinha e tem o poder de entregar a sua vida e a reaver….

Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; tenho poder para a dar, e poder para tornar a tomá-la. Este mandamento recebi de meu Pai. (João 10 : 18)

…, o mesmo não acontece com Baha’u’llah. A retirada do cristo cósmico é tão complicada que são necessários vários malabarismos esotéricos. Nesse post  veremos como o “poder ou o fogo  do cristo cósmico” pretende estabelecer seu reinado.

A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e prodígios de mentira, (II Tessalonicenses 2 : 9)

Para entender o fogo do cristo cósmico podemos usar como exemplo um palito de fósforo. Ele precisa de uma força propulsora (a mão) para poder passar pelo processo de combustão.

Essa força propulsora recebe biblicamente o nome de besta de dois chifres. O reino de “deus” na Terra surge através da interpretação errada do versículo do livro do Apocalipse abaixo:

E a cidade estava situada em quadrado; e o seu comprimento era tanto como a sua largura. E mediu a cidade com a cana até doze mil estádios; e o seu comprimento, largura e altura eram iguais. (Apocalipse 21:16)

Esses dois homens que representam a besta de dois chifres são os guardiões desse reino. Cabalistas não interpretam a Bíblia como um cristão verdadeiro e procuram colocar a sua fé em números. Nesse caso, o versículo acima diz que a medida da Nova Jerusalém é de 12 mil estádios e sua largura e altura são iguais, ou seja, temos 12*12 que é igual a 144, onde 1+4+4= 9.

Nove representa o trabalho de magia sexual na nona esfera, mas no caso desses dois é diferente do Anticristo, pois os mesmos não pretendem criar nenhuma porção alquímica, mas transformar o ato sexual em  energia  para poderem fazer as suas orações e retirar o cristo cósmico do abismo.

Assim como em nosso exemplo usando um fósforo comum, a transformação do cristo cósmico é bem parecida, pois em seu primeiro estágio antes da combustão é chamado de Aelohin (os seus restos mortais) e depois, a chama que é o fogo do espírito, ou seja,  Elohin.

O fogo cósmico de Elohin se duplica. Assim temos a manifestação formada por sua esposa,  mãe, mais conhecida como a  Rainha dos Céus, e o seu filho.  Vale lembrar que foi a Rainha dos Céus que despertou espiritualmente Baha’u’llah através de uma aparição na Cova Negra em Teerã (foto sincronia da Rainha dos céus e o cristo cósmico baha’u’llah través da estrela de oito pontas em sua tumba que representa o oitavo rei).

É nesse momento que entra o falso profeta oferecendo libações à Rainha dos Céus, mais conhecida no catolicismo como a Nossa Senhora.

Sempre que o uno (Elohin) se desdobra em dois, o terceiro (o fogo) aparece e posteriormente demônios do fogo também saem do abismo para serem instrutores da humanidade. Eles também são conhecidos como espíritos guias.

Com todas as orações feitas, o fogo desdobrado de Elohin partirá em busca do cidadão global. É isso que chamamos de batismo com o falso espírito santo.

O fogo deve arder no corpo, na alma e no espírito. Com as três etapas do êxtase completo, o cidadão global da nova era não resistirá em falar a grande palavra, aquela que está reservada com nove letras na tabela cabalística, a saber…Baha’u’llah, que significa “a Glória de DEUS”. E  assim, o cidadão global aguardará com grande expectativa  a criação do logos divino, que é a imagem do cristo cósmico (a estrela de nove pontas).

http://www.rosacruz.org.ar/isol/cdostestigos.htm

http://www.gnosisonline.org/textos-especiais/o-cristo-e-a-semana-santa/

Anúncios