A DEPRESSÃO NATALINA

Para “festejar”o “natal”, milhares de pessoas pelo mundo saem eufóricas e compram sem parar. Na figura abaixo temos o Papai Noel esotérico (substituto de JESUS) da rede de Supermercados Extra simbolizando o verdadeiro  espírito natalino:

Essa rede de consumo globalista está iniciando os consumidores nos mistérios do Tarot. Nesse caso a carta do  Louco,  vigésimo segundo  arcano maior (observe o chapéu de ambos), para os esotéricos representa novas experiências. Observe que o rapaz anda distraído perto do abismo acompanhado com o seu cão e uma trouxa que representa as compras.

Mas o sentido real dessa carta mostra uma pessoa  distraída e consumindo tudo que ordenam. A trouxa (entende-se aqui troxa) nas costas representa como o comércio vê os seus clientes. O cão tenta avisar sobre o abismo que ele está caindo, mas o consumidor segue em frente. Afinal…agora o cliente possui bens para muitos dias:

“Mas Deus lhe disse: Louco! esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?”  (Lucas 12 : 20)

Também existem os que  bebem, fumam maconha,cheiram cocaína ou  fazem encontros familiares. Pecados como a gula são os mais que se destacam nas famosas confraternizações.

Mas essa data também possui um “que” de tristeza e solidão que ataca muitas pessoas. A fonte desse sentimento está nos  conflitos  externos e internos. Nos conflitos externos,  a tristeza vem quando se observa as pessoas sendo manipuladas pela mídia e induzidas aos prazeres do mundo materialista como descrito acima.

Muitos são os que já não suportam ligar uma TV nesse dia e ver o famoso “natal” do Faustão, dos famosos, do Gugu,  do rei Roberto Carlos, da Rainha  Xuxa,  do Rei Pelé, Gisele e outro infelizes que tanto nos espetam com seus tridentes durante anos.

Nos fatores internos cresce um sentimento de metas não realizadas, falecimento de um ente querido, a rotina sedentária e outros.

A depressão está em todo canto, mas é um mal necessário que se deve combater. Essa música , inspirada  nesse sentimento criado por satanás,  é um ótimo exemplo de como e onde a tristeza age sobre nossas vidas

“Sou  (satanás)  um homem. Sou um bicho. Sou uma mulher (..) . Sou o seu lugar no mundo (..) O que não tem tempo. O que sempre esteve vivo (…) O que lhe atormenta e mata (..) Sou o certo. Sou o errado.Sou o que divide (…)  oferece a outra face, mas não esquece o que lhe fazem  nos bares, na lama, nos lares, na cama….” (Ney Matogrosso – Mal Necessário)

Não importa em qual dessas situações algumas pessoas se encontram, mas a sensação de que uma nuvem carregada está sobre nossa vida pronta para desabar  é notória.

Nos resta lutar contra essa depressão com as armas que DEUS nos deu até que a tempestade da depressão natalina passe.

O primeiro passo é resisti ao diabo e anular o pensamento de fracasso ou baixa estima:

“Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.”  (Tiago 4 : 7)

O Segundo passo é olhar para a meta final da vida cristã, a salvação da alma diante das lutas que vamos enfrentar, especialmente em 2012.

Jesus foi o melhor exemplo do que significa  olhar para a meta final, pois suportou um sofrimento injusto , desumano e covarde olhando para a consumação da fé e o galardão:

“Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus.”  (Hebreus 12 : 2)

Assim acontece com a depressão do natal. Se ela ainda estiver presente é necessário colocar o foco na salvação eterna. E assim, a paz de espírito vai preenchendo o vazio e a depressão do coração.

“E, chegando-se a ele, o despertaram, dizendo: Mestre, Mestre, perecemos. E ele, levantando-se, repreendeu o vento e a fúria da água; e cessaram, e fez-se bonança.”  (Lucas 8 : 24)

Anúncios