Grande Irmão “zela” por ti – Parte II

Resumo: Como cada descrição das personagens e ações do livro se assemelham ao processo de globalização que estamos vivendo.

1) O Grande Irmão

Além de representar a ditadura digital, o Grande Irmão é uma força espiritual usada para um determinado objetivo do partido. Durante a tortura da personagem Smith, ele é apresentado como algo que não possui um corpo físico. Abaixo temos um diálogo retirado do livro, onde Smith está sendo torturado por O’Brien:

Smith: “Creio que existo (…) tenho braços e pernas (…) Nesse sentido, existe o Grande Irmão?”

O’Brien : “Não tem importância. Existe.”

Na vida real, esse é o perfil do cristo cósmico Baha’u’llah (Ap 17:8)  e sua nova ordem mundial. Os seus princípios são usados pelo imperialismo babilônico americano e o socialismo como forma de lucro.

O Grande irmão é descrito com um grande bigode no livro. Quando lembramos de um ditador com bigode vem em nossa mente Hitler , mas ele usava um “bigodinho” bem ridículo. Isso indica que o regime de governo do Grande Irmão é uma fusão de todos os anteriores, pois agora o bigode está completo. A imagem dele espalhada por todos os lugares para ser adorado se assemelha à futura imagem do cristo cósmico.

2) O’Brien

Usa o poder do Grande Irmão para que o partido sempre esteja ditando as regras, deixando a população com medo, pânico e sendo humilhada.

Ele representa o anticristo canalizando as forças do cristo cósmico para estabelecer uma falsa paz mundial. Ao mesmo tempo em que tortura Smith, se apresenta ao mesmo como um protetor e salvador de sua alma. Porém, O’Brien usa o poder do Grande Irmão convertendo-o em um sistema de ditadura e vigilância completa do cidadão global. Por uma estranha coincidência ele é inglês, tal como os candidatos ao cargo de executivo mundial de Baha’u’llah.

3) Ministério da Paz

A sua função é deixar o mundo em uma guerra ou rumores constantemente, por isso a Oceania (país principal do livro) sempre está em guerra com os outros dois blocos (Eurásia e Lestásia).

Em nosso mundo o que ocorre até os dias de hoje são guerras e rumores de guerras causados por uma divisão na Maçonaria. Existem maçons que esperam o cristo cósmico (GADU) e outros o executivo mundial.

O outro lado da guerra é bem conhecido, pois é uma forma das super-potências  lucrarem, por exemplo : Os EUA, após devastar o Iraque e tomar o petróleo do país, se retirou estrategicamente para investir no mercado de armas.

Baha’u’llah, em epístola reservada aos governantes americanos, ordena que o imperialismo devaste todos os países pensando exatamente nesse fim, ou seja, a ordem illuminati se apodera dos princípios de Baha’u’llah para ganhar mais dinheiro.

4) Ministério da Verdade

Smith trabalha nesse ministério. Sua função é manipular as notícias, estatísticas e o mundo do entretenimento  (esporte, filmes, músicas eletrônicas)  para que tudo esteja de acordo com as metas do partido.  Ele tem a forma de uma pirâmide, indicando assim a influência do iluminismo (ou Illuminatis) no mundo globalizado.

Esse é um dos princípios de Baha’u’llah, chamado “livre e independente pesquisa da verdade”, que visa implantar o relativismo no mundo, pois cada pessoa interpretará a notícia como quiser.

5) Ministério da Fatura

A sua função é cuidar das atividades econômicas deixando o mundo sempre em crise. Esse é o conceito praticado pela Ordem Illumniati através da criação de créditos que na Ordem de Baha’u’llah é conhecido como paz menor.

6) Ministério do Amor

A sua função é exterminar qualquer pessoa que se opor ao sistema de governo através da tortura. O método preferido é vaporizar as pessoas. Ele também conta com a polícia do pensamento.

7) A polícia do pensamento

Rastrear, investigar e eliminar qualquer pensamento que represente uma verdade absoluta. Esse tipo de censura já está acontecendo na internet, no twitter e em outras mídias sociais, por exemplo: Se uma pessoa for contra a diversidade gay, um dos princípios que tem origem nos ensinamentos de Baha’u’llah, já  será  motivo de perseguição.

8) Duplipensar

O duplipensar garante que o princípio do relativismo seja praticado, por exemplo, um dos lemas do partido é “Guerra é paz” que pode ser invertido para “Paz é Guerra”, ou seja, através da guerra e do lucro que ela trás se transforma na fonte de paz do partido.