Paulo Coelho sugere mais manipulação das massas

Paulo Coelho participa de conversa global com alta comissária da ONU

O Mensageiro da Paz das Nações Unidas, o escritor Paulo Coelho, juntou-se a milhares de internautas, nesta sexta-feira, para realizar uma conversa global com a alta comissária de Direitos Humanos da ONU, Navi Pillay.

Ela fez o debate pelo Twitter e pelo Facebook para marcar o Dia dos Direitos Humanos, comemorado neste 10 de dezembro.  Paulo Coelho participou via Skype.

Pressão e Embargo

Falando em inglês, o escritor contou que, hoje em dia, se vê muita pressão, muito embargo e outras coisas que vários governos fazem.

Mas ele disse que a literatura, a cultura e as artes podem ser usadas para aumentar a visibilidade da situação dos direitos humanos. Ele quis saber se a alta comissária era a favor de que houvesse mais pressão para fazer das artes o canal de defesa dos direitos humanos.

E Navi Pillay respondeu que Paulo Coelho é um “exemplo excelente”, e já foi citado pela própria ONU, de como as artes, a cultura e a música podem alcançar o público jovem e promover a mensagem dos direitos humanos.

Navi Pillay disse que em muitas partes do mundo, a cultura é usada para reprimir os direitos humanos. Ela disse que artistas e músicos conseguem ultrapassar essas barreiras.

No final, ela agradeceu a Paulo Coelho e disse que acreditava que o escritor brasileiro poderia responder às perguntas melhor que ela.

Comentário: Paulo Coelho é uma pessoa chave para a ONU, pois a sua função é fazer com que as pessoas aceitem a feitiçaria da Alquimia como algo bom. Como sabemos, ela é fundamental para tirar o cristo cósmico do abismo. Assim, o mago da nova era pretende diminuir o número de pessoas que irão chamar os sinais de Baha’u’llah de feitiçaria.

” LXVII. Apareceu nesta Revelação o que jamais aparecera antes. Quanto aos infiéis que testemunharam o que foi manifestado, murmuram e dizem: “Realmente, esse é um feiticeiro que planejou uma mentira contra Deus.” São eles, em verdade, um povo proscrito” (Seleção dos escritos de Baha’u’llah)

O financiamento dessa manipulação mental vem através do imperialismo babilônico americano e esse será mais um motivo para condenar os EUA na profecia abaixo:

“E em ti não se ouvirá mais a voz de harpistas, e de músicos, e de flautistas, e de trombeteiros, e nenhum artífice de arte alguma se achará mais em ti; e ruído de mó em ti não se ouvirá mais;”  (Apocalipse 18 : 22)