Cristão estressa pé de maconha em experiência “medicinal”

Com a desculpa mais do que esfarrapada de usar maconha para supostos fins medicinais, o cidadão abaixo, que luta pelo fim de preconceito de qualquer espécie, um dos 12 princípios de Baha’u’llah, mostra nesse vídeo como o seu pé de maconha se estressou após uma visita de um evangélico ou evangélica (ele não soube definir bem o que viu), e isso no meio de devaneios,  ausência de raciocínio mental e seqüência de palavras. Transcrevo as palavras do cidadão:

3:48 “ O que aconteceu para essa planta se tornar dessa forma.. eu…recebi…um parente….minha..esposa…eee…eliiii é crente…com a criança…eu..ah…eh..tive que desligar…ahh..a minha área de cultivo…praaaa…num fazê barulho…durante..um dia humm na verdade foram dois dias…ahhh ehhh eu não sei…”

Conclusão: Esse é o perfil do cidadão global. Um verdadeiro zumbi!

Na nova ordem mundial até um pé de Maconha tem mais valor que um cristão quando o assunto é direitos humanos.