Lei de homofobia mais branda serve de caminho para uma ditadura gay internacional

A famosa lei da homofobia, o PLC 122, que pretende punir  de forma arbitrária, fascista, totalitária, desumana, sádica  e injusta  qualquer um que se opor à conduta homossexual,  está fazendo uma manobra política que muitos não estão percebendo. Ela pode ser vista nessa frase de um dos militantes do movimento:

“Não é o projeto ideal, mas também não temos a força ideal”, resumiu Toni Reis, presidente da ABGLT.

O movimento gay está usando a mídia para dizer que as alterações feitas pela senadora Marta Suplicy estão longe de ser a ditadura que gostariam. Mais do que nunca é necessário reprimir e não aprovar em hipótese alguma essa lei. Se ela for aprovada, por mais que pareça  branda, no futuro estará subordinada  à legislação internacional da ONU sobre os direitos humanos. É através dela que os gays podem inserir  artigos ou emendas em uma  legislação local.

Marta Suplicy e o movimento gay estão apenas fazendo manobras e ocultando a lei internacional. Essa tática funcionou tão bem que  o Pr. Malafaia em seu discurso foi  incapaz de saber que será criado o Parlamento Mundial  do cristo cósmico  Baha’u’llah na ONU para resolver essa questão. Ele  só enxergou a Constituição Brasileira e nada mais. Transcrevo o questionamento de Malafaia sobre a ausência dos gays no debate:

“Só lamento…que eu gostaria de ver aqui… Eu gosto de falar cara a cara! Olho no olho!  Rapaz! Os caras nessa hora correm…Tão com medo de que?”

Como foi dito, o movimento gay não apareceu para debater por que estão focados em algo muito maior do que esse pastor possa imaginar.

Se os gays querem suas leis, que tentem fazê-las no Parlamento Mundial  (é isso que o militante gay chama de força ideal) e não aqui, ou seja, é possível deixar o movimento  homossexual sem nenhuma lei até o final dos tempos, pois sem a criação de uma legislação local não existirá uma lei internacional se intrometendo por aqui.

Uma das formas de lutar contra essa lei é através de petições. Deixo o link abaixo, embora o site seja católico e não se simpatize com protestantes, para fortalecer a mobilização social contra essa afronta direta a DEUS e seus mandamentos, que é a diversidade gay.

Se for a hora de perder a batalha que assim seja, mas isso acontecerá para que se cumpram as profecias e não significa se entregar sem luta.

O Brasil cristão é contra o PLC 122/2006.

Envie agora a carta abaixo para os senadores e demais secretarias responsáveis, pedindo medidas para que o PLC 122/2006 não seja aprovado.

http://www.ipco.org.br/home/assine-a-carta-de-protesto-ao-senado-federal-contra-a-lei-da-homofobia

Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é; (Levítico 18 : 22)

Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza. (Romanos 1 : 26)

E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro. (Romanos 1 : 27)

http://www.revistaladoa.com.br/website/artigo.asp?cod=1592&idi=1&moe=84&id=18809

http://jus.com.br/revista/texto/9228/breve-introducao-ao-direito-internacional-dos-direitos-humanos

Anúncios