A era tecnotrônica – Economia controlada por pulsos eletrônicos.

Além de valores espirituais representados pela estrela de nove pontas, a marca da besta também possui valores financeiros:

“…Seria difícil exagerar o impacto psicológico e social resultante da esperada  substituição da atual mistura confusa de sistemas monetários – para muitos o último baluarte do orgulho nacional – por uma única  moeda mundial transacionada principalmente através de impulsos eletrônicos….”(Comunidade mundial Bahá’i)

Notícia:

CMN cria conta eletrônica sem cobrança de tarifa

Novo produto poderá ser movimentado exclusivamente por canais eletrônicos, como os caixas eletrônicos, internet, celular e central telefônica automática

O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou nesta quinta-feira a criação de um novo tipo de conta corrente que não terá cobrança de tarifa, a chamada “conta eletrônica”. O novo produto poderá ser movimentado exclusivamente por canais eletrônicos, como os caixas eletrônicos, internet, celular e central telefônica automática. “Nessa conta, não pode recair qualquer tipo de tarifa”, disse o chefe do departamento de Normas do Banco Central, Sérgio Odilon dos Anjos.

Demanda de clientes e instituições financeiras, a nova conta não precisará ser oferecida obrigatoriamente por todos os bancos. Odilon explica que a oferta desse novo produto dependerá da demanda de clientes e também do interesse das instituições financeiras. “Mas bancos têm interesse em atrair novos clientes. Por isso, acho que os bancos vão ter interesse. Mas não é obrigatório”, observou. As novas contas podem ser abertas a partir de março de 2011.

Pelas regras aprovadas, caso o cliente de uma conta eletrônica use serviços tradicionais – como nas agências ou atendimento humano via central telefônica –, a conta deixa de ter características eletrônicas e poderá ser enquadrada na categoria tradicional e, então, a cobrança pode ser feita.

Odilon observa que “em não havendo a possibilidade, por falta dos sistemas eletrônicos da instituição, o cliente da nova conta poderá acessar canais tradicionais sem cobrança”. Para o diretor de Política Monetária do BC, Aldo Luiz Mendes, a nova conta deve atrair clientes com perfil mais jovem, que estão ingressando no sistema bancário. Também deve atrair consumidores de menor renda, na chamada bancarização.

(com Agência Estado)

https://apocalipsetotal.wordpress.com/2009/07/22/o-fim-da-babilonia-tecnotronica-de-zbigniew-brzezinski/

http://economia.estadao.com.br/noticias/economia+geral,cmn-cria-conta-eletronica-sem-cobranca-de-tarifa,44987,0.htm

Anúncios