A implantação da Transdisciplinaridade educacional na nova ordem mundial

Biblicamente falando, a transdisciplinaridade está agrupando a multiplicação do conhecimento no final dos tempos para que a sabedoria universal possa ser usada em nome do bem comum e da cooperação. A multiplicação do conhecimento é um fato profético como descrito abaixo:

E tu, Daniel, encerra estas palavras e sela este livro, até ao fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e o conhecimento se multiplicará. (Daniel 12 : 4)

A transdisciplinaridade é uma nova abordagem científica, cultural, espiritual e social que está sendo aplicado em escala global nas escolas. O prefixo ‘trans’  diz respeito àquilo que está ao mesmo tempo ‘entre’ as disciplinas, ‘através’ das diferentes disciplinas e ‘além’ de qualquer disciplina.

A transdisciplinaridade é análoga ao comunismo (Tese x Antítese = Síntese), mas recebe uma roupagem espiritual cooperativista. Nesse caso, o comunismo fica reduzido apenas a um nível de realidade.

A nova roupagem recebe o nome de – Lógica do Terceiro, onde 1. O axioma da identidade: A é A; 2. O axioma da não-contradição: A não é não-A; 3. O axioma do terceiro excluído: não existe um terceiro termo T (T de “terceiro incluído”) que é ao mesmo tempo A e não-A.

Exemplo prático: um grupo de cientistas apresentam índices favoráveis ao aquecimento global (axioma A); porém, outros apresentam índices opostos (axioma B), mas a meta  final de ambos é proteger a “mamãe terra” (Terceiro incluído).

Baseado nesse princípio, surge  o novo conceito pedagógico educacional. Abaixo temos um site onde as matérias (exatas, humanas e biológicas)  estão interligadas em uma espécie de ponte com a meta final.

A proposta pedagógica inclui preservação ambiental, diversidade gay e outros temas; ou seja, um professor de matemática e outro de português abordando a temática homossexual ou ambiental (terceiro incluído)  em suas respectivas matérias:

http://www.escolavila.com.br/

Toda essa falácia educacional sem nexo foi criada para obedecer o princípio revelado por Baha’u’lla referente a educação compulsória universal.

Quando se analisa alguns artigos da – carta da  transdisciplinaridade – podemos ver a influencia de seus ensinamentos que levarão ao fim do cristianismo com verdade absoluta:

Preâmbulo – Considerando que somente uma inteligência que se dá conta da dimensão planetária dos conflitos atuais poderá fazer frente à complexidade de nosso mundo e ao desafio contemporâneo de autodestruição material e espiritual de nossa espécie.

Comentário: Essa inteligência superior não é DEUS, pois a Bíblia foi banida desse sistema, trata-se dos ensinamentos do cristo cósmico que se passa ao mesmo tempo por DEUS e o Cristo. Baha’u’llah tomou pra si tanto a Glória de DEUS (que é o seu nome em português)  como a do verdadeiro Cristo, por isso ele é o arquiteto universal ou a inteligência planetária da nova ordem mundial. A suposta onisciência de Baha’u’llah aparece nas mais diversas epístolas escritas por ele:

“Este é o Chamado do Todo-Glorioso que se proclama do Horizonte Supremo na Prisão de ‘Akká. Ele é o Esclarecedor, o Onisciente, O de tudo Informado…” EPÍSTOLA DE BISHÁRÁT  (Boas-Novas)

Artigo 1

Qualquer tentativa de reduzir o ser humano a uma mera definição e de dissolvê-lo nas estruturas formais, sejam elas quais forem, é incompatível com a visão transdisciplinar.

Comentário: Logo no primeiro artigo vemos o fim do cristianismo como verdade absoluta, pois a nova era não aceita que o conceito de realidade seja reduzido a um.

Artigo 3

A transdisciplinaridade é complementar à aproximação disciplinar: faz emergir da confrontação das disciplinas dados novos que as articulam entre si; oferece-nos uma nova visão da natureza e da realidade. A transdisciplinaridade não procura o domínio sobre as várias outras disciplinas, mas a abertura de todas elas àquilo que as atravessa e as ultrapassa.

Comentário: Essa abertura é  feita através do relativismo. Por mais que uma pessoa debata um tema como o aquecimento global, a verdade relativa será proteger o planeta custe o que custar. A única que coisa que se tem aqui é um ponto de vista diferente que leva ao mesmo lugar.

Artigo 7 – A transdisciplinaridade não constitui uma nova religião, uma nova filosofia, uma nova metafísica ou uma ciência das ciências.

Comentário: Como criam algo que nem sabem o que é? A resposta para as dúvidas da humanidade está nos princípios educaconais criados pelo cristo cósmico.

Artigo 8 – A dignidade do ser humano é também de ordem cósmica e planetária. O surgimento do ser humano sobre a Terra é uma das etapas da história do Universo. O reconhecimento da Terra como pátria é um dos imperativos da transdisciplinaridade. Todo ser humano tem direito a uma nacionalidade, mas, a título de habitante da Terra, é ao mesmo tempo um ser transnacional.

Comentário:

A ordem cósmica descrita no artigo 8 fala de um amor doentio pela terra, onde as pessoas que se oporem ao sistema de governo serão mortas. Além disso, a meta final pretende eliminar as  fronteiras mundiais, onde uma pessoa recebera um título de habitante da terra.Esse título será uma ordem mundial portadora do Sinal, nome e número de letras do nome de Baha’u’llah. O  futuro do sistema educacional voltado para a nacionalidade também foi traçado por Abdu’l’Bahá como descrito abaixo:

“..Quando se perguntar às pessoas do futuro: “Qual a sua nacionalidade?”, a resposta será: “Pertenço à nação da humanidade. Vivo à sombra de Bahá’u’lláh. Sou servo de Bahá’u’lláh. Sou do exército da Suprema Paz.” Os povos do futuro não dirão: “Eu sou inglês, francês ou persa”; pois todos eles serão cidadãos da nacionalidade universal – uma só família, um só país, o único mundo da humanidade..”  (16 DE ABRIL DE 1912 – Palestra de Abdu’l’Bahá  no Hotel Ansonia para os Amigos Bahá’ís de Nova Jersey  – Esquina das Ruas Broadway com Setenta e Três, Nova Iorque).

Devido a falta de tempo e para que o post não ficasse com a leitura cansativa, esses foram apenas alguns exemplos.

Referências:

http://www.escolavila.com.br/

http://unesdoc.unesco.org/images/0012/001275/127511por.pdf

Anúncios