• novembro 2009
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    30  

O emergir da Igreja evangélica ambiental ecologicamente incorreta

Na conferência da ARC, (Alliance of Religions and Conservation) realizada no castelo de Windsor sob o comando do Príncipe Philip da Inglaterra,  foram criados planos  de uma igreja evangélica global com metas ecológicas. A função principal é mobilizar todas as instituições descritas abaixo para manipular os fiéis de todas as denominações do mundo sobre a causa ambiental,  que fulminará com a implantação de uma economia divina portadora do sinal, nome e número de letras do nome de Baha’u’llah.

Todas as religiões apresentaram seus projetos para o príncipe Philip, mas o plano mais assustador foi o das igrejas evangélicas americanas sobre a “evangelização ambiental” em escala mundial. Eis o plano:

A reconstrução do paraíso na Terra tem como fundo a Agenda 21 e as Metas do milênio. Esses temas serão debatidos no parlamento mundial de Baha’u’llah e posteriormente enviados à Casa Branca,  que trabalhará em conjunto com as três igrejas globais que controlarão tudo e todos.  Um desses líderes chama-se Ken Wilson que teve grande participação na criação da Bíblia verde ou a  “Eco Bíblia ”.

Essas três igrejas contarão com o NAE, instituição que somente acolherá os grandes líderes evangélicos.Somente os grandes!  Esses por sua vez derramarão, na verdade já derramaram, a unção na liderança local. Aqui podemos usar como exemplo o pastor Mylles Munroe, esse derrama a unção ao suporte nacional. Podemos usar como exemplo o pastor Silas Malafaia e a sua escola de líderes ESLAVEC onde muitos pastores receberam a unção de liderança ambiental, mais  conhecida como o reino de “deus”  na Terra.

Para verificar se tudo está sendo rigorosamente obedecido,  os evangélicos americanos pretendem criar um banco de dados global de igrejas. As igrejas que se destacarem mais na causa ambiental receberão um tratamento vip.

E por último,  o tribunal mundial que tem como meta estabelecer as regras da nova ordem mundial ecológica,  receber as denúncias de quem não está cooperando e também  executar os rebeldes.  E assim, cumprir a terrível profecia que o sistema babilônico de igrejas fará em breve aos cristãos deixados para trás:

E vi que a mulher estava embriagada do sangue dos santos, e do sangue das testemunhas de Jesus. E, vendo-a eu, maravilhei-me com grande admiração. (Apocalipse 17 : 6)

Com todas essas instituições,  a igreja global pretende criar missões no mundo inteiro para fazer com que todas as igrejas evangélicas entrem no sistema. O plano foi chamado de “O plano de sete anos” e de forma hilária foi dividido em nove etapas, uma homenagem clara a Baha’u’llah., Abaixo seguem essas etapas traduzidas, resumidas  e adaptadas para o português.

III. As nove iniciativas para o  despertar ecológico das igrejas evangélicas

1 Facilitar a criação de uma conferência formada por grandes líderes evangélicos em dois dias de orações, planejamento, construção de relacionamentos e coordenação de esforços.

Propomos que os membros da Associação Nacional dos Evangélicos (NAE) cuidem da  criação do Grupo Consultivo que será convidado para coordenar o evento.  Ele será formado por organizações evangélicas ambientalistas, lideres nacionais do Intervarsity  Christian Fellowship, líderes de missões evangélicas e pastores.

Objetivo:  Com o estabelecimento dessa rede,   os líderes emergentes criarão um comitê  para aprenderem  entre si e coordenarem  os esforços para o máximo impacto no aumento da comunidade evangélica americana.

2. Facilitar  a criação de uma cúpula de alto nível  para inspirar, equipar e capacitar os  mais influentes líderes evangélicos para apoiar a criação da comunidade ambiental da igreja.

Objetivo: expandir substancialmente o número de influentes pastores evangélicos
empenhados  em promover a gestão ambiental com a comunidade da  igreja evangélica.

Propomos que o ARC e o escritório de desenvolvimento das Nações Unidas trabalhem com os autores desse relatório para explorar um cenário mais eficaz de acolhimento para essa cúpula, incluindo a Casa Branca. A cúpula terá como  objetivo chamar os pastores evangélicos mais influentes  e fornecer um entendimento confidencial para que eles compreendam a importância da responsabilidade dos demais pastores evangélicos. A cúpula terá como objetivo promover uma transformação espiritual e cultural dentro da igreja  evangélica.

3. Criação de uma instituição que fará os ajustes e a identificação dos comitês das congregações  americanas comprometidas com a gestão ambiental.

Objetivo: Promover as melhores práticas nas  igrejas evangélicas e estabelecer os dados mais precisos sobre as igrejas. Atualmente não existe uma instituição ou dados  confiáveis sobre  igrejas envolvidas .  Esperamos através desse cadastro identificar congregações “modelo”  que estão adotando as  melhores práticas e as “congregações emergentes”, que precisam de ajustes. Esse banco de dados seria uma ferramenta poderosa  para o controle das igrejas.

Poderia ser usado para oferecer um registro de  igrejas  que atendem aos critérios, essas anunciariam a sua aceitação para outras,  o que pode servir como um instrumento de divulgação de local.

4 Criação de  um suporte para as congregaçãoes

Objetivo: desenvolver padrões de qualidade ambiental para o crescimento da gestão ambiental entre as igrejas evangélicas americanas.

As  “Melhores Práticas ” seria específico às congregações da igreja evangélica e incluem coisas tais como auditorias de energia, conservação de energia, meio ambiente,  políticas de gestão (adotadas  pela igreja local ),   placas denominacionais, integração de cuidados na criação,  visão e declarações de missão, promovendo a criação de boas práticas de cuidados através dos ministérios existentes na igreja, incluindo esforços globais e missões. Estes poderiam ser promovidos através do registro com a criação de um comitê central.

5 Estabelecer uma rede de igrejas  associadas com  as três seguintes denominações: Willow Creek  Association, Saddleback Resources (Rick Warren),, and Vineyard: A Community of Churches

Objetivo: Desenvolver um modelo de mecanismo para que as denominações acima possam mobilizar outras igrejas evangélicas rapidamente.

As três igrejas acima são as  mais influentes  igrejas evangélicas dos  Estados Unidos, conduzidas por seus três respectivos  pastores,  que estão comprometidos com a causa do meio ambiente, incluindo as alterações climáticas.

6. Capacitar os jovens evangélicos sobre a gestão ambiental

Finalidade: para inspirar, equipar e capacitar uma nova geração de evangélicos em uma liderança comprometida com a integração,  fé e gestão ambiental.

7. Trabalhar  na criação do  NAE Care Advisory Group para desenvolver uma estratégia de ponte cultural para os evangélicos que permanecem céticos sobre a mudança climática.

Objetivo:  Criar estratégias para que  grupos evangélicos opostos (céticos e cooperadores do governo mundial) tenham o mesmo consenso sobre a preservação ambiental.

A principal forma de se conseguir essa meta é através da distorção da palavra de DEUS, apresentando um falso reino de “deus “ na Terra.

8. Promover uma nova parceria global entre líderes evangélicos

Objetivo: mobilizar a vasta rede de missionários evangélicos no  trabalho entre populações vulneráveis, para auxiliar na melhoria das condições ambientais que afetam essas populações (…) Esses missionários são uma ponte importante para essas igrejas – para educar  Igrejas evangélicas americanas sobre os efeitos da degradação ambiental(..)  líderes evangélicos envolvidos em missões globais são e devem ser solicitados.

9. Capacitar evangélicos sobre justiça

Nos últimos anos, os evangélicos americanos descobriram o significado de  promover a justiça tanto na terra como no céu.  Evangélicos americanos  já são uma voz para a sacralidade da vida humana, e estão se tornando voz ativa com os objetivos e metas da ONU.

Referência:

A Seven Year Plan for American Evangelicalism: The Challenges & Opportunities of the American Evangelical Awakening to Environmental Concern by Ken Wilson and Tri Robinson Revised Draft: 9/22/09

http://www.arcworld.org/downloads/Christian-Vineyard-Evangelical-7YP.pdf

%d blogueiros gostam disto: