• novembro 2009
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    30  
  • Anúncios

Uma análise do filme 2012

Resumo: Blocos econômicos iluministas,  números cabalísticos, caos na terra, falsas profecias, paranóicos conspiradores e uma viagem na nave do comunismo rumo ao paraíso na terra, uma espécie de -a arca de Noé – comunista ;  são marcas registradas do novo filme 2012. Para que o assunto não fique muito longo, vamos analisar apenas algumas cenas:

A cúpula do G8

Uma das  primeiras cenas do filme relata a reunião e uma manifestação contra o G8. O G8, formado pelos 7 países mais poderosos e a Rússia,  é um grupo criado pela  ordem mundial iluminista para manter a economia de créditos atrelada ao dólar e assim garantir a sobrevivência do sistema babilônico  financeiro dos EUA, União Européia e Japão, mais conhecido como a Comissão Trilateral.

Essa mensagem subliminar faz com que muitos cristãos errem ao interpretar o apocalipse, pois muitos nem conhecem, ou preferem ignorar a existência da ordem mundial de Baha’u’llah. O erro mais comum é dizer que o G7 representa as sete cabeças da besta ou o G10 e a besta de 10 chifres. Se estudarmos as profecias veremos que nada se encaixa;  a não ser que force apenas um versículo bíblico sem o seu sentido completo.

A cena do Árabe e o quadro da Monalisa

Mais adiante temos um árabe lendo um texto está escrito na sua língua, mas apesar do filme não revelar o que ele está lendo, isso é uma referência aos quatro vales de Baha’u’llah. Os quatro vales tem como objetivo preparar a espiritualização do cidadão global para o período de transição ao paraíso na terra. Mas isso será visto mais adiante.

Misteriosamente aparece o quadro da Monalisa. Aqui temos uma outra mensagem subliminar.  O quadro da Monalissa possui nove dedos (ver artefatos mágicos) que representa uma adoração ao número do prometido de todas as eras.  A adoração de números  implantada no subconsciente das pessoas  continua em muitas outras cenas do filme.

A cena do parque  parque Yellowstone

Não seria necessariamente esse parque, mas alguns cientistas estão prevendo a volta do Big One na califórnia como descrito na notícia abaixo:

A Califórnia vai tremer- Em 1906, um terremoto arrasou São Francisco. Agora, dizem, o Big One periga voltar, ainda mais devastador – e poderá mandar Los Angeles pelos ares. (isto é ciência)

Com um terremoto dessa proporção, a comunidade global e a sociedade, após ver um filme sobre devastação da terra como esse, tende a trabalhar em unidade para  proteger a mamãe terra.

O paranóico da teoria da conspiração

O filme narra a história de um pai que vive separado dos seus filhos. Ao sair do parque Yellowstone encontra um paranóico da teoria da conspiração que mais adiante lhe fala sobre a conspiração secreta. Segundo ele, os governantes da terra criaram uma embarcação para se salvarem. O valor é de 1 bilhões de Euros e ele possui um mapa da localização que ele conseguiu de um cientista que foi morto no mesmo local em que a princesa Diana Morreu.

Existe uma grande diferença entre teoria da conspiração e conspiração. A teoria não possui nenhum argumento verdadeiro, mas a  verdadeira conspiração possui base Bíblica e apenas nesse livro. Por isso, os verdadeiros teóricos da conspiração trabalham a favor da nova ordem mundial como: David Icke e Daniel Estulin. O objetivo do filme é mostrar que as teorias da conspiração estão certas.

O pai das crianças acredita na teoria da conspiração e parte em busca da “nave prometida” .Condicionamento do número 666 e 999.

Após levar os dois filhos de seu patrão para o aeroporto ele descobre que realmente existe um plano para salvar apenas as pessoas ricas e poderosas desse mundo. A confirmação da teoria da conspiração acontece quando ele observa o tremor no chão de dentro do carro.

O pai das crianças sai com o carro e liga para a sua “ex” pedindo que ela arrume as crianças, pois todos irão viajar em busca da grande nave. No início ela não acredita muito, mas logo em seguida a casa começa a desabar.

E aqui temos mais condicionamento da nova ordem mundial: A televisão da casa está sintonizada no canal 6. Ora, o seis representa tribulação. Quando a casa começa a desabar o pai das crianças chega e pede para que todos  saiam. Aqui temos outro detalhe importante:  o garoto do filme usa uma blusa com o número 9. Dessa forma, temos novamente o sentido dual do 666 (tribulação)  e 999  (paz). E assim, todos partem em uma aventura até a nave prometida  na China acompanhados de uma série de desastres.

A chegada na China e o poder unificador do número 9.

Quando chegam na China nossos aventureiros são barrados por um homem que não deixa passar pelo portão, mas o seu sentimento de unidade é despertado e ele permite a passagem de todos. Nesse momento, o filme toca uma música diferente e o autor fica parado em frente a uma placa que possui os números 63. Ora, somando os números temos o nove.

Finalmente chegam a nave prometida do comunismo Russo e Chinês e lá esta o nove para unir todos

Muitas pessoas não entraram na nave é começam a morrer em conseqüência dos desastres. Nesse momento o cientista do filme vê no monitor o pai e seus filhos que entraram escondidos pelas escotilhas da nave e então um poder unificador se apossa do seu espírito. Detalhe…ele vê a tragédia dos pais e filhos através da câmera H-63. Somando os números temos novamente o nove  (6+3=9). Além desse detalhe, temos a letra H que é a última letra do nome de Baha’u’llah.

Os representantes do G8 que estão em outro local da nave ficam sensibilizados com o discurso unificador do cientista e decidem abrir as portas para que todos entrem na nave. Uma verdadeira falácia do socialismo.

Quando todos estão dentro da nave um  outro cientista prevê uma que uma onda gigante atingira a nave aos 28 minutos e  10 segundos. Novamente temos o número 10 (ele aparece em muitas outras cenas do filme). Isso que dizer que a Rússia e a China estarão submissas ao anticristo e seus nove mestres eleitos.

Mas ao fechar as portas da nave uma máquina trava o sistema de engrenagens e  o pai das crianças tenta retirar para que a nave possa sair. Todos assistem atentamente os eventos na câmera unificadora H-63.

Nesse momento todos ficam inquietos, pois a onda gigante chegou ao seu destino. Aqui os peregrinos em busca do paraíso inalam as fragrâncias do Vale da Inquietação de Baha’u’llah. O vale da inquietação pertence a outra obra dele chamada de “Os quatro Vales“. Vamos rapidamente a esse vale:

O Segundo Vale – Inquietação-  “..Nesse plano, o peregrino depara com agitações mil e inquietudes incalculáveis. Num momento é ele elevado ao céu, no seguinte, atirado às profundezas…”

Baha’u’llah quis dizer que  o peregrino deve aguardar  na caverna da escuridão o momento que poderá sair para luz.

E finalmente temos a luz do comunismo iluminando  o coração do futuro cidadão global:

Baha’u’llah deixou essas palavras para os vitoriosos.

“..Por essa razão, em louvor àqueles que o conseguiram, assim disse Ele: “Homens aos quais nem mercadoria nem comércio distraem da recordação de Deus…Esse grau é o padrão e o fim das provações…”

O filme acaba de forma perigosa, pois o mesmo diz que a terra passará por uma renovação e nunca será destruída. A nova era tem início com a data 27 (2+7=9) /1/0001.

O paraíso na terra é uma das maiores mentiras que existem, pois a Bíblia é muito clara sobre essa inevitável destruição:

Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nela há, se queimarão. (II Pedro 3 : 10)

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: