O cavaleiro do Apocalipse e o seu arco

cavaleiro-arco2Em Apocalipse 6:1, o Senhor Jesus (o cordeiro)  começa abrir os selos do apocalipse :

E, HAVENDO o Cordeiro aberto um dos selos, olhei, e ouvi um dos quatro animais, que dizia como em voz de trovão: Vem, e vê. (Apocalipse 6 : 1)

Quando é aberto o primeiro  selo, aparece um rei com um arco usando uma  coroa montado em  seu cavalo branco:

E olhei, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele tinha um arco; e foi-lhe dada uma coroa, e saiu vitorioso, e para vencer. (Apocalipse 6 : 2)

Alguns sites cristãos dizem que esse cavaleiro branco é o Senhor Jesus. Ora, se ele está abrindo os selos como ELE poderia ser essa personagem? O Senhor Jesus está em uma posição muito mais elevada que esse cavaleiro.

Se observamos atentamente as escrituras sagradas, perceberemos que o Senhor Jesus também aparecerá em um outro cavalo branco:

E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga e peleja com justiça. (Apocalipse 19 : 11)

Isso significa que tanto o senhor Jesus como esse ourto cavaleiro (que está com o arco) são pessoas espirituais. Ou seja, o cavaleiro com arco é o cristo cósmico, ou o oitavo rei do livro descrito em Apocalipse 17:11. Infelizmente até os dias de hoje não são poucos os cristãos que ainda acham que o Anticristo e o cristo cósmico são a mesma pessoa.

Esse cavaleiro está usando um arco sem flecha e  vem desarmado para estabelecer o seu reinado na terra, ou seja, uma falsa promessa de paz. Ele também é um rei, pois está usando uma coroa.

Podemos concluir que o arco é a base das instituições do seu governo que trabalharão com a falsa promessa de paz na terra. Conheça agora um pouco mais sobre o projeto Arco de Baha’u’llah , a sua influência e como ele se tornou vitorioso.

oarcoda vitória” A terminologia “Arco” possui base simbólica, além da disposição física dos edifícios, é uma metáfora relacionada à Arca de Noé e a Arca do Convênio das escrituras judaicas, cristãs e muçulmanas.

A vitória do Arco de Baha’u’llah pode ser vista nessa carta emitida pela Casa Universal de Justiça:

“…Em termos cronológicos, é apenas um breve espaço de tempo o que separa aquele momento primordial deste que está sendo marcado pela vitória esplêndida que aqui celebramos esta semana. Vocês, que vieram de todos os recantos da terra e de todos os segmentos da família humana, são uma amostra representativa daqueles que Bahá’u’lláh levantou para ajudá-Lo e ninguém entre nós será capaz de expressar adequadamente a gratidão que sentimos por estarmos em Sua companhia.

Os edifícios majestosos que agora se erguem ao longo do Arco traçado por Shoghi Effendi para eles na encosta da Montanha de Deus, juntamente com o magnífico conjunto de Patamares ajardinados que envolvem o Santuário do Báb, são expressões externas do imenso poder que fortalece a Causa à qual servimos. São testemunhos permanentes do fato de que os seguidores de Bahá’u’lláh conseguiram, de forma vitoriosa, assentar as fundações de uma comunidade mundial que transcende todas as diferenças que dividem a raça humana, e trouxeram à existência as instituições basilares de uma Ordem Administrativa singular e invulnerável, que modela a vida desta comunidade. Com a transformação ocorrida no Monte Carmelo, a Causa Bahá’í emerge como uma realidade visível e poderosa no cenário global, como o centro focal de forças que, segundo a vontade de Deus, promoverá a reconstrução de sociedade e será como uma fonte mística de renovação espiritual para todos os que para ela se voltarem…”

O Arco de Baha’u’llah é formado pelas seguintes insituições.

1) OS TERRAÇOS DO SANTUÁRIO DO BÁB 

 “Nos seus planos para o desenvolvimento do Monte Carmelo, ‘Abdu’l-Bahá intuiu dezenove terraços monumentais, do sopé da montanha à sua crista, nove levando aonde fica o próprio Santuário do Báb e nove acima dele. Estes planos sempre foram consultados por Shoghi Effendi e ele terminou de forma preliminar, os nove terraços que constituem o acesso ao Santuário, a partir da avenida central da antiga Colônia Templária Alemã.

 2) O CENTRO INTERNACIONAL DE ENSINO 

 “O Centro Internacional de Ensino será a sede daquela instituição que está investida especificamente com as funções gêmeas da proteção e propagação da Causa de Deus. A própria instituição referida pelo amado Guardião nos seus escritos foi estabelecida em junho de 1973, trazendo à realização das Mãos da Causa de Deus estando presente na Terra Santa e roporcionando a expansão, no futuro, das funções com que foi dotado o organismo”.

 3) O CENTRO PARA ESTUDOS DE TEXTOS

 “Este Centro será a sede de uma instituição de eruditos bahá’ís, o florescimento do atual Departamento de Pesquisa do Centro Mundial e assistirá a Casa Universal de Justiça em consultar os Escritos Sagrados e preparará traduções e comentários sobre textos autorizados da Fé.

 4) O EDIFÍCIO DOS ARQUIVOS INTERNACIONAIS

 “Decidimos construir na parte ocidental uma ampliação do subsolo do atual Edifício dos Arquivos, para prover acomodação para o escritório central dos crescentes Arquivos do Centro Mundial. Esta instituição está encarregada da responsabilidade pela preservação dos Textos Sagrados, relíquias e documentos históricos da Causa de Deus”.

 5) A BIBLIOTECA INTERNACIONAL BAHÁ’Í

 “Esta biblioteca é o depósito central de toda literatura publicada sobre a Fé, e é uma fonte essencial de informação para as instituições do Centro Mundial sobre todos os assuntos relacionados com a Causa de Deus e as condições da humanidade. Em décadas futuras suas funções devem crescer e ela servirá como um centro ativo para o conhecimento em todos os campos e se transformará no núcleo de grandes instituições de investigação e descobertas científicas.”

O quinto prédio, que é a Biblioteca Internacional Bahá’í ainda está sendo construido.

Baía de Haifa, visto do topo do Monte Carmelo, abaixo o Santuário do Báb e seus Patamares. A direita, com telhado azul-esverdeado, o edifício do Arquivo Internacional.

Obs. Se você sempre quis saber por qual motivo de tudo em nossas vidas está sendo digitalizado, rastreado, monitorado por satélites e finalmente a substituição do dinheiro papel-moeda por pulsos eletrônicos. Agora acabou de descobrir! A criação de uma Biblioteca mundial com todas as informações da humanidade.

A implantação de uma ditadura digital jamais vista antes na face da terra. Onde até mesmo o direito de ouvir música será controlado, quanto podemos gastar por dia e até mesmo multas, se alguém ousar falar uma palavra insensível em público, serão centralizadas nesses locais.

 

Referência:

http://www.uga.edu/bahai/2002/021209-1.html

http://www.bahai.org.br/arco/Edificios.htm

Anúncios

O acelerador de Partículas

aforcaA cena clássica do filme Star Wars II – ” A vingança dos Sith”, onde Lord Sith (sentado à direita), uma espécie de falso profeta, encontra-se com o jovem  Anakin Skywalker(em pé),uma espécie de Anticristo,  para reverenciarem a força, ou o fluido universal, está muito próxima de acontecer.

Um dos princípios de Baha’u’llah diz que a ciência e a religião devem andar unidas.O objetivo é confirmar a  veracidade de seus sinais unificadores, especialmente a estrela renfã.

A  doutrina espírita não só se transformou na maior aliada de Baha’u’llah (o cristo cósmico) para  esse projeto, mas também reconhece que somente após a manifestação do pensamento dos espíritos, nesse caso o de Baha’u’llah, o projeto terá continuidade:

As matérias derivadas do  fluido universal  apresentam-se nos estados sólido, líquido, gasoso e no estado fluídico propriamente dito, também chamado de fluido espiritual, tanto que, enquanto os três primeiros podem ser manipulados pela mão do homem, o último é sensível ao poder do  pensamento e da vontade dos Espíritos.

Fonte: Doutrina Espírita

Quanto a isso os espíritas e cientistas podem ficar sossegados, pois Baha’u’llah garante essa ajuda através dos espíritos que habitam nos principados e potestades. Em uma de suas inúmeras recomendações ele fala sobre essa promessa:

“A Abençoada Beleza fez, em termos inequívocos, a seguinte promessa em Seu Livro: “Verdadeiramente, Nós vos vemos de Nossos reinos de glória e ajudaremos qualquer um que se levantar para o triunfo de Nossa Causa com as hostes da Assembléia do alto e uma companhia de Nossos anjos escolhidos.”(Bahá’u’lláh)

E assim… a ciência pretende reativar o LHC em 2009 em busca do fluído universal “unificador da humanidade”…

Acelerador de partículas deverá ser reiniciado na Primavera de 2009

Genebra – O Centro Europeu de Investigação Nuclear (CERN) divulgou ontem em comunicado de imprensa que devido a uma fuga de hélio ocorrida no passado dia 19 de Setembro, o acelerador de partículas mais potente do mundo só deverá ser reiniciado em 2009.

«O tempo necessário para compreender as razões da avaria, excluindo o tempo da reparação, vai durar até ao Inverno, remetendo o reinício do acelerador para a Primavera de 2009», anunciou o CERN em comunicado.

O primeiro contratempo com o LHC foi um ataque de «hackers» no arranque da experiência, a 10 de Setembro, no dia a seguir, um problema eléctrico que afectou o sistema de refrigeração do circuito, com 27 quilómetros, obrigou à suspensão da experiência por uma semana, para a substituição de um transformador de 30 toneladas, a 19 de Setembro, uma fuga de hélio vem suspender o projecto para investigar a fundo a origem do problema. Todas as ocorrências foram noticiadas passados vários dias.

O projecto, que procura simular os primeiros milésimos de segundo do Universo, juntou milhares de cientistas do mundo durante 20 anos, com um custo de cerca de 40 milhões de euros, vê agora depois de sucessivos contratempos, a sua reactivação agendada para a Primavera de 2009.

” E aquilo que nesse momento se revelará aos povos
Surpreenderá a todos, não por ser exótico
Mas pelo fato de poder ter sempre estado oculto
Quando terá sido o óbvio… “
(Caetano Veloso)

Referências:

http://www.jornaldigital.com/noticias.php?noticia=16419

http://letras.terra.com.br/caetano-veloso/44788/

Seleção dos escritos de Abdu’l’bahá

A reforma da ONU

 atualizado em 29/02/12

Os conflitos que afligem toda a humanidade já não podem ser resolvidos em fóruns globais. A ONU precisa de uma reforma, onde os líderes políticos e os doutos de todas as religiões (isso inclui evangélicos) devem participar de suas deliberações e criar uma nova legislação mundial.

A origem desse conceito foi criada pelo maestro da globalização. Aquele que consegue moldar o caráter não só de políticos, mas de muitos cristãos de várias denominações  para que obedeçam  os seus objetivos finais. Essa inspiração espiritual encontra-se na Epístola Lawh-i-Maqsúd (escrita entre 1881-1882 ) de Baha’u’llah (Apocalipse 17:8). Abaixo temos o respectivo trecho:

“..O Grande Ser, desejando revelar os requisitos da paz e tranqüilidade do mundo e do progresso de seus povos, escreveu: Há de vir o tempo em que se compreenda universalmente a necessidade imperiosa de se convocar uma vasta assembléia de homens – assembléia essa, que a todos abranja…” LAWH-I-MAQSÚD  (Baha’u’llah- Epístola de Maqsúd)

Desde que a melodia do rouxinol místico tocou como descrito acima, políticos e religiosos tem se esforçado para que essa etapa do  governo mundial seja criada.  O ex -presidente lula é um desses “agraciados”. Abaixo temos um trecho de seu discurso chamando às nações para o parlamento mundial na ONU.

“…Dado o caráter global da crise, as soluções que venham a ser adotadas deverão ser também globais, tomadas em espaços multilaterais legítimos e confiáveis, sem imposições. Das Nações Unidas, máximo cenário multilateral, deve partir a convocação para uma resposta vigorosa às ameaças que pesam sobre nós…está em curso a construção de uma nova geografia política, econômica e comercial no mundo…”

A reforma do Conselho de Segurança

O Conselho de Segurança, uma espécie de exército mundial, é composto por 15 membros, sendo 5 membros permanentes com poder de veto: os Estados Unidos, a França, o Reino Unido, a Rússia  (ex-União Soviética) e a República Popular da China. Os demais 10 membros são eleitos pela Assembléia Geral  para mandatos de 2 anos.

Uma resolução do Conselho de Segurança é aprovada se tiver maioria de 9 dos quinze membros, inclusive os cinco membros permanentes. Aqui podemos perceber a importância do número do cristo cósmico Baha’u’llah. Não se sabe ainda de onde virão os 10 chifres da besta, mas o Conselho de Segurança tem se esforçado para ser agraciado por Baha’u’llah.

Quando uma legislação mundial for aprovada pela Câmara Alta compete ao Conselho de Segurança, através do exercito mundial, garantir que as leis sejam obedecidas.Esse sistema cruel e totalitário de matar pessoas durante a  Nova Ordem Mundial foi defendido pelo Guardião da fé  (Shoghi Effendi) em seu livro “A Ordem Mundial de Baha’u’llah” na passagem descrita abaixo::“…O princípio fundamental que forma a base deste Pacto solene deve ser tão estável que, se qualquer governo violar posteriormente alguma de suas provisões, todos os governos da terra devem se levantar para reduzi-lo à absoluta submissão, mais ainda, a raça humana como um todo deve decidir, com todo o poder à sua disposição, destruir esse governo…”Esse sistema de governo também possui características do quarto animal que o profeta Daniel descreveu:Disse assim: O quarto animal será o quarto reino na terra, o qual será diferente de todos os reinos; e devorará toda a terra, e a pisará aos pés, e a fará em pedaços. (Daniel 7 : 23)

O ECOSOC

A principal função dessa instituição é promover uma infinidade de empréstimos para que a economia mundial seja totalmente controlada por pulsos eletrônicos. O destaque vai para o dinheiro supostamente investido na economia verde e na unidade da diversidade que visa dar poderes jamais vistos ao movimento gay. E por fim, o ECOSOC, instituição que recebe uma forte acessória da comunidade Bahá’i liderada por Bani Dugal, deve trabalhar para estabelecer uma economia mundial portadora do sinal, nome e número de letras do nome de Baha’u’llah através do FMI/Banco Mundial , onde os países também estão na disputa pelo cargo de nove mestres eleitos do anticristo.

A câmara alta

Ela será composta por instituições que possuem grande poder de manipulação e controle da população como o Vaticano, O Clube Bilderberg e os mega grupos empresarias. A sua suposta função é criar emendas ou aprovar as leis que foram debatidas na câmara baixa.

A câmara baixa

Ela será formada por líderes espirituais (falsos evangélicos e esotéricos). A sua função é debater e apresentar um rascunho das leis  para ser aprovado pela câmara alta.

O Tribunal Mundial

Compete a esses juízes (é muito provável que estejam também em número de Bahá, o nove) burlarem na legislação de cada país para que todos aqueles que não aceitarem a ordem econômica de Baha’’u’llah sejam degolados, na Grande Tribulação especialmente cristãos. Claro que isso em nome do bem comum e da unidade da diversidade. Abaixo Baha”u’llah descreve esse momento:

“Dize: Os céus dobraram-se e a terra está segura em Suas mãos; os malfeitores foram segurados pelo topete e ainda não compreendem. Bebem da água impura e não o sabem..” (Seleção dos escritos de Baha’u’llah) 

 Baha’u’llah também diz em seu kitáb-i-aqdas para marcar a fronte de cada pessoa que tentar roubar (nem que seja comida)  por não querer usar o seu sinal unificador no meio da testa ou na mão. Ora, compete ao Tribunal Mundial executar essas leis (onde se lê DEUS substitua por Baha’u’llah):

 “45. Exílio e aprisionamento são decretados para o ladrão e, no terceiro delito, colocai-lhe uma marca na fronte, para que assim identificado não seja aceito nas cidades de Deus e em Seus países. Acautelai-vos para que a compaixão vos não faça negligentes no cumprimento das leis da religião de Deus. Executai o que vos ordenou o Compassivo, o Misericordioso…”

Observe que Baha’u’llah pede para não ter compaixão, ou seja, essas pessoas estão roubando apenas para comer e mesmo assim devem ser punidas em nome da unidade da diversidade.

O governo oculto

Como dificilmente essas duas câmaras vão entrar em acordo, compete ao executivo mundial dar o parecer final e aplicar as leis juntamente com os nove mestres eleitos.

“…Tal estado terá que incluir dentro de seu campo de ação um Executivo Internacional capaz de exercer autoridade suprema e inquestionável sobre qualquer membro recalcitrante da comunidade mundial…” (Shoghi Effendi – Guardião da fé Bahá’i).

Já do lado espiritual, compete a Casa Universal de Justiça e Guardiania ( A besta de dois chifres) resolver conflitos entre as duas câmaras.

E assim, o mundo caminhará para uma falsa paz que jamais irá existir:

“…A Maior Paz, por outro lado, assim como Bahá’u’lláh a concebeu – uma paz que, inevitavelmente, há de suceder como conseqüência prática da espiritualização do mundo e da fusão de todas as suas raças, crenças, classes e nações – sobre outra base não pode se apoiar, nem por outro meio ser preservada, senão pelos preceitos divinamente designados, implícitos na Ordem Mundial que se associa com Seu Santo Nome..” (Shoghi Effendi).

Referências:

A paz universal (abdu’l na América)

Chamado às nações (Shoghi Effendi)

Jornal Estado de São Paulo

Blocos econômicos

Alice Bailey X Abdu’l’Bahá.Afinal…quem está cumprindo as profecias do Apocalipse?alice_abdul

Segundo a esotérica Alice Bailey, o mundo seria reorganizado em 10 nações e posteriormente o Anticristo apareceria para controlar os blocos. Dessa forma, temos 10 pessoas mais o Anticristo, mas as coisas não são bem assim.

Alice Bailey elaborou uma ordem mundial materialista e não espiritualista. O Anticristo jamais deve estar na frente do Cristo cósmico. É o cristo cósmico (ou o deus estranho) que fará o Anticristo prosperar como descrito pelo profeta Daniel:

Com o auxílio de um deus estranho agirá contra as poderosas fortalezas; aos que o reconhecerem multiplicará a honra, e os fará reinar sobre muitos, e repartirá a terra por preço. (Daniel 11 : 39)

Sabendo desses acontecimentos futuros, o mestre Abdu’l’Bahá partiu para os EUA em 1912 e deu uma verdadeira aula na loja teosófica. Nessa palestra, Abdu’l primeiramente diz que os objetivos dos Bahá’is e dos teosofistas são os mesmos:

30 DE MAIO DE 1912 Palestra na Loja Teosófica Esquina da Broadway com Rua Setenta e Nove, Nova Iorque

“Como estamos de acordo com eles, certamente há esperança de unidade e concórdia entre bahá’ís e teosofistas. Seus propósitos são os mesmo…

Mais adiante ele adverte que, esforços materiais para estabelecer a nova ordem são impossíveis e somente através do poder espiritual ela será estabelecida.

“…Por isso é necessária a capacidade de executar e realizar aquilo que é sabido e admitido como remédio para a situação humana – ou seja, a unificação da humanidade. (…) Por isso, é evidente que nenhum meio pode sanar esse mal mundial da guerra, dissensão e discórdia, a não ser a perfeita intermediação, um poder espiritual…”

Alice Bailey não deu ouvidos ao mestre Abdu’l e hoje os blocos econômicos necessitam de uma nova legislação para não se afundarem com a especulação financeira.

Votando ao presente…Sabendo que o problema econômico necessita de uma nova legislação, os coordenadores do presidente “lula” elaboraram um discurso onde eles cobram da ONU a criação de um órgão legislativo para a nova economia mundial:

“…Os organismos econômicos supranacionais carecem de autoridade e de instrumentos práticos para coibir a anarquia especulativa. Devemos reconstruí-los em bases completamente novas. Dado o caráter global da crise, as soluções que venham a ser adotadas deverão ser também globais, tomadas em espaços multilaterais legítimos e confiáveis, sem imposições. Das Nações Unidas, máximo cenário multilateral, deve partir a convocação para uma resposta vigorosa às ameaças que pesam sobre nós..”

Fonte: Jornal Estado de São Paulo

Os coordenadores do presidente estão se referindo a criação do Supremo tribunal da ONU (ou o parlamento mundial). Abaixo segue um trecho do livro “A paz universal” de Abdu’l’bahá explicando melhor como isso acontecerá:

“A Causa Bahá’í abriga todas as questões econômicas e sociais sob as cláusulas e disposições de suas leis(…) Os governos haverão de fazer valer estas leis, estabelecendo uma legislação e uma economia…”

“O supremo Tribunal que Bahá’u’lláh descreve, porém, levará a cabo essa tarefa sagrada com a máxima pujança e poder. Eis o Seu plano: as assembléias nacionais de cada país e nação – ou seja, os parlamentos – devem eleger duas ou três pessoas que sejam as mais excelentes da nação (…) A eleição dessas almas escolhidas pela assembléia nacional, isto é, pelo parlamento, tem de ser confirmada pela câmara alta, pelo congresso e pelo ministério, bem como pelo presidente ou monarca…”

O monarca nesse caso é o Anticristo, ou seja, ele aparece antes da criação dos blocos econômicos e não depois como “profetizou Alice.” Primeiro é necessário a criação de leis econômicas que serão obedecidas usando a força do exército mundial. Qualquer nação que não obedecer a nova legislação econômica será esmagada. E isso começando pelo Estados Unidos.

Mas o tribunal somente poderá surgir com a manifestação de Baha’u’lláh (o chifre pequeno descrito por Daniel) ao mundo.

Estando eu a considerar os chifres, eis que, entre eles subiu outro chifre pequeno, diante do qual três dos primeiros chifres foram arrancados; e eis que neste chifre havia olhos, como os de homem, e uma boca que falava grandes coisas. (Daniel 7 : 8)

Nesse versículo existe algo muito importante: “neste chifre havia olhos, como os de homem.” Os olhos não são de um homem e sim como os de homem, ou seja semelhante. Isso significa que se trata de um ser cósmico e não humano.

Alice Bailey acertou o número de pessoas (11), mas distribuiu de forma errada! O correto seria distribuir em proporção do número de Bahá (9 +1 +1 ) onde, (9) segundo a tradição maçônica representa os nove mestres eleitos, (1) o Anticristo ( rei maçom grau 9 ) e (1) O cristo cósmico ou Baha’u’llah regido pelo número 9. E assim formamos a tríade “999.”

A diferença do plano de Bailey e de Baha’u’lláh é que o dele foi colocado em prática pelos governantes (vide discurso do presidente) , já o dela é mais uma teoria conspiratória dos mentirosos Illuminatis.

Mas não foi apenas Alice Bailey que cometeu um erro, o problema é que muitos evangélicos não acreditam que Baha’u’llah é quem realmente ele diz ser “o senhor das religiões.” O que deveria ser, mas não é para muitos cristãos, o oitavo rei descrito em Apocalipse 17:11.

Quando a ONU diz na meta do milênio numero 8: “Todos trabalhando pelo desenvolvimento”, ela está se referindo a manifestação de Baha’u’lláh e o seu batismo na humanidade primeiro; e ai sim quase todos aceitarão criação do parlamento mundial, do milênio da paz global ,das legislações econômicas por amor ao governo e posteriormente a criação de blocos econômicos (se for necessário).É importante lembrar que a comunidade Bahá’i conta com a Organização Mundial do Comércio (OMC) para realizar as mudanças necessárias.

A reforma no sistema financeiro

Bahá’u’llah também deixou princípios para a criação de sua economia divina. Compete ao seu futuro executivo mundial (vulgo Anticristo) realizar a reforma no sistema econômico. Para aplicar os princípios do Huqúqu’lláh  também é necessário criar uma economia totalmente controlada por pulsos eletrônicos.

Segundo o guardião, nem mesmo as principais religiões foram capazes de estabelecer algo tão “estupendo”:

“…Se volvermos o olhar ao passado, se investigarmos a Bíblia e o Alcorão, prontamente reconheceremos que nem a Dispensação Cristã nem a Islâmica podem oferecer um paralelo, quer ao sistema de Economia Divina tão cuidadosamente estabelecido por Bahá’u’lláh..” (Shoghi Effendi – O Guardião da fé)

O huququ’llah  é um exemplo da futura conversão para a nova moeda global através do ouro. É importante lembrar que o ouro de 24 k possui ouro-999999 de pureza, ou seja, o número que representa a sua nova ordem portadora do Seu sinal (a estrela de nove pontas), nome ( Bahá’u’llah) e número de letras de seu nome (9) ler Apocalipse 13:17.

A pena “inescrutável” de Baha´’u’llah também afirma em seu Kitáb-i-aqdas (a carta magna da nova ordem) que o número nove deve estar presente em todas as áreas do governo inclusive na economia:

K29. Dize: Este é aquele conhecimento oculto que jamais há de mudar, pois inicia-se com o nove, o símbolo que representa o Nome oculto e manifesto, inviolável e inacessivelmente excelso…

O Huqúqu’lláh é o montante a ser pago pelos Bahá’is para a manutenção de suas instituições.Ele é divido em três categorias de mithqals e os valores à serem pagos são calculados em Onças Troy.  A Onça Troy é uma antiga medida inglesa (agora você sabe por que o Anticristo precisa ser inglês) de peso, equivalente a 31,10 gramas.  Abaixo temos um cálculo de conversão em valores, onde esses princípios podem ser aplicados em escala mundial:

Para uma renda de $ 6.700 que deve pagar 19 mithqals em onças (2.225) o cálculo seria o seguinte:
09 mithqals = 32.775 gramas = 1.05374 onças troy
19 mithqals = 69.192 gramas = 2.22456 onças troy
95 mithqals = 345.958 gramas = 11.12282 onças troy
Vamos imaginar que o ouro esteja cotado em $400
$ 400 * 2.225 = $890
6,700 / $890 = 7.53 (o número 7.53 é arredondado para 7)
890 * 7 = $6,230 (o valor final é calculado sobre 0,19 que corresponde a 19 mithquals)
6230 * 0,19 = $ 1183,70
Se esse mesmo valor fosse calculado sem o uso do mithqals ficaria: 6700 * 0,19 = $ 1273.
É por esse motivo que a onça troy sempre se destaca em crises econômicas como na notícia abaixo:
Noticia em português de Portugal:
Ouro ultrapassa os 1030 dólares a onça com crise económica
Os preços do ouro encontram-se a disparar para valores recorde, estando os investidores a procurar desesperadamente um activo seguro onde investidor, tendo em conta a queda acentuada do dólar norte-americano e o aumentar das preocupações sobre o sector financeiro dos Estados Unidos.
o preço da onça ‘troy’ de ouro era negociada nos mercados internacionais a 1023,95 dólares, depois de ter atingido já um máximo nos 1030,80 dólares.

Fonte diário econômico
 A reestruturação da economia através do ouro de forma alguma cancela a Taxa Tobim (o futuro imposto global). Mas só existe uma forma desses ajustes “divinos” serem aplicados em escala mundial. Compete a comunidade Bahá’i adestrar os líderes mundiais através de reuniões sobre crises financeiras. Não que eles conseguirão resolver esse problema, mas isso faz com que eles desenvolvam o espírito de unidade.
Em uma de suas palestras sobre economia, a pena de Abdú’l’Bahá (filho do profeta Baha’u’llah) deixou essa ordem escrita para a comunidade Bahá’i :
“…Os fundamentos de toda a condição econômica são de natureza divina e estão associados ao mundo do coração e do espírito. Isto está perfeitamente explicado nos ensinamentos bahá’ís, e sem conhecimento de seus princípios não se pode realizar qualquer melhoria na condição econômica. Os bahá’ís irão realizar esta melhoria e aperfeiçoamento…” PALESTRA PROFERIDA POR ‘ABDU’L-BAHÁ EM BOSTON 23 DE JULHO DE 1912 Palestra no Hotel Victoria Boston, Massachusetts
O Brasil também já está preparado para a reforma financeira! Basta acionar a ordem da Nossa Senhora da Conceição via Banco Central.

Dez motivos para investir em ouro:

1. O ouro é a única “moeda” que não está sob o controlo de qualquer governo e que por esse motivo não está sob as influências politico-partidárias.
2. O excesso de liquidez global e o crescimento da oferta monetária estão a provocar uma desvalorização do papel-moeda.
3. O ouro é, como sempre foi, uma valor de refúgio em cenários de crise. Enquanto as tradicionais formas de investimento, como aforros e acções vão, em épocas de tensão e instabilidade dos mercados, falhando a pouco e pouco, o ouro tem demonstrado nas últimas centenas de anos, uma clara evolução positiva nos seus resultados, tanto em épocas estáveis como instáveis.
4. Segundo o World Gold Council, todo o minério de ouro extraído na história da humanidade, ascende a cerca de 153.000 toneladas. Equivale a cubo tão alto como a Estátua da Liberdade em Nova Iorque. As reservas de ouro que ainda restam, segundo fontes estatísticas, não superarão as 50.000 a 60.000 toneladas. Com a extracção aurífera actual de 2.900 toneladas, estima-se que num prazo de 12 a 15 anos se extrairá da terra a ultima onça de ouro.
5. A população mundial cresce cerca de 100 milhões de habitantes por ano. Este crescimento exponencial da população, acrescido da limitada disponibilidade de recursos naturais como o petróleo, o ouro, a prata, a platina e outros metais, provocará certamente uma subida ainda maior do preço do ouro.
6. Existe uma evidente correspondência entre o valor do petróleo e o valor do ouro. É por isso bastante provável que o preço do petróleo continue com a sua tendência de crescimento ajudado pelo aumento dos consumos de crude de algumas economias em desenvolvimento, como a China, a Índia e o Sudeste Asiático.
7. O apreço pelo ouro nos países com economias emergentes. A legislação chinesa alterou-se recentemente de forma a permitir aos investidores particulares a compra de ouro. A China apresenta uma das mais elevadas percentagens de investimento do mundo. Por outro lado, a Índia é o maior consumidor mundial de ouro e nesta sociedade, o ouro tem um papel preponderante. De acordo com diversas previsões demográficas, a Índia superará muito em breve a China no ranking de países com o mais elevado número de habitantes.
8. O ouro é um investimento de elevada liquidez. É tanto um activo financeiro como uma moeda. São muito poucas as formas de investimento que possam ser convertidas tão rapidamente em dinheiro como o ouro: sem penalizações, sem tempos de espera e sem condições adicionais.
9. A esta tendência têm estado atentos os grandes investidores que já começaram a comprar ouro em elevadas quantidades. Esta situação também contribuiu para o enorme aumento do preço do ouro o que tem permitido nos últimos anos extraordinários rendimentos na ordem das duas casas percentuais.
10. Para tudo isto tem também contribuído a isenção de impostos (IVA) sobre o ouro de investimento através do Regime Especial do Ouro Art.º 3º (Dec-Lei 362/99 de 16/Setembro. Agora também poderá beneficiar desta isenção legal investindo em OURO DE INVESTIMENTO SEM IVA.
Referência:
http://bahai-library.com/uhj/huququllah.questions.html

http://www.ouroalgarve.com/ouro_de_investimento

Obs. Artigo transferido do blog proibido, revisado e atualizado.

 

 

O Apocalipse adventista – Final

Ellen White no reino de Abhá

O que a primeira discípula do Báb no ocidente recebeu através de suas visões perturbadoras e sufocantes foi apenas a ponta do Ice Berg de algo muito maior. O reino de Abhá oculta as instituições ordenadas por Baha’u’llah para que os cristãos entrem pela porta do erro triplo conhecido como:  EUA, o Papa e João Paulo II (mais...)

(clique aqui para ler a profecia errada do adventismo)

Obs. A profecia adventista é de extrema importância, pois ela fará com que muitas igrejas evangélicas façam associações erradas sobre o Apocalipse.

O Apocalipse adventista – Parte II

Resumo:. O ministério de Ellen G. White (a beata da nova era). O adventismo hoje se transformou na religião babista (religião criada pelo profeta Báb) que serve como a porta para a nova ordem mundial.

a-mente-de-ellen1Para entender esse erro profético temos que voltar ao tempo, no  ano de 1844. No início de dezembro de 1844, o Báb realizou um ritual mágico em Meca para anular o Alcorão e a Bíblia. Ele matou nove animais e circulou  pela caaba Caaba (uma construção dentro da mesquita sagrada de Al Masjid Al-Haram muito reverenciada pelos muçulmanos) formando a estrela de nove pontas e consagrou o número nove para o prometido que veio após ele (Baha’u’llah). Após esse ritual de magia, pessoas chaves para a nova ordem mundial começaram a ter sonhos e visões. Uma delas foi a “profetiza” Ellen White, uma das fundadoras da  Igreja  Adventista do Sétimo Dia. O site Wikipedia (que não é nada confiável) relata parte desse acontecimento:

O Início de Seu Ministério

Ellen White relatou sobre sua primeira experiência visionária em dezembro de 1844, aos 17 anos, não muito tempo depois do Grande Desapontamento de 22 de outubro de 1844.

“Nesta época visitei a irmã H, uma irmã em Cristo cujo coração estava cingido ao meu. Éramos cinco pessoas, todas mulheres, reverentemente curvadas ante o altar da família. Enquanto orávamos, o poder de Deus desceu sobre mim como antes não o experimentara ainda. Pareceu-me estar rodeada de luz, e ir-me elevando acima da Terra.” (Testemunhos Seletos, vol. 2, p. 270)

Wikipedia

Foi através dessa visão que Ellen White deu continuidade ao fiasco cometido por  William Miller quando esse calculou a votla de Cristo para 1844, o que não aconteceu, pois na verdade ele calculou a data da manifestação do Báb.

O Wikipedia escondeu a informação de como ela recebia suas supostas “profecias.”  As visões de Ellen eram precedidas de sensações de sufocamento e desmaio por alguma força oculta, somente após isso ela recebia a visita  de anjos que lhe anunciaram um novo evangelho. Nem mesmo o Neurologista Dr. Molleurus Couperus, que estudou a mente de Ellen, conseguiu chegar a uma conclusão satisfatória ( artigo em inglês).

As visões ou perturbações espirituais de Ellen foram transcritas em nove (o número que representa Baha’u’llah) volumes como descrito abaixo:

As transcrições das visões de White geralmente continham teologia, profecia, ou conselhos pessoais a indivíduos ou a líderes adventistas. Um dos melhores exemplos de seus conselhos pessoais é encontrado em um livro entitulado Testemunhos para a Igreja, uma série de 9 volumes, que contém testemunhos publicados para a edificação geral da igreja.

Abaixo três principais profecias de Ellen:

1) A sua primeira profecia diz que o Papa é a Besta. Como ela não possui qualquer argumento verdadeiro, ela “profetizou” que  o papa usaria uma tiara escrito “VICARIUS FILII DEI” (Vigário do Filho de Deus). Isso deu origem a famosa sominha que hoje não só é usada pelo adventismo, mas também por muitos evangélicos:

V I C A R I V S F I L I I D E I

5 + 1 + 100+1+5+ 1+50+1+1 + 500+ 1= 666

Isso não tem fundamento algum, pois o cálculo da besta se refere ao Sinal, nome e número do homem que criou a nova ordem mundial.

2) Com relação aos Estados Unidos, Ellen White interpretou da seguinte forma: “E tinha dois chifres semelhantes aos de um cordeiro” (Apocalipse 13:1). Os chifres semelhantes aos do cordeiro indicam juventude, inocência e brandura, o que apropriadamente representa o caráter dos Estados Unidos.

A besta de dois chifres e a besta do mar não se unificam formando em uma “grande besta” com Ellen interpretou. São bestas diferentes que trabalham em unidade pela nova ordem mundial.

3) Ellen White também profetizou que os mortos vão “evangelizar” no final dos tempos os vivos, mas o que essa senhora profetizou foi o falso arrebatamento!

Ellen G. White diz que mortos devem falar e voltar a pregar em nossos dias

Nossos Periódicos

Deus me têm dado luz concernente aos nossos periódicos. O que é isto? — Ele tem dito que os mortos devem falar! Como? — Suas obras devem acompanhá-los. Devemos repetir as palavras dos pioneiros de nossa obra(…)A palavra que me é dada é esta, deixem o que estes homens têm escrito no passado ser reproduzido.

Adventistas bereanos

A ordem mundial de Baha’u’llah ,tal como ele a concebeu, e as instituições divinas são protegidas da mídia. Por exemplo: Quando ligamos a televisão – jamais a Casa Universal de Justiça fará algum pronunciamento para a humanidade – e sim a ONU.

Esse mesmo raciocínio vale para a nova ordem mundial. Os dois líderes, que vão assumir o controle da Casa Universal de Justiça e a Guardiania para controlar a ONU,  o Anticristo e seus nove mestres eleitos trabalham de forma discreta.Quem ficará exposto na mídia é a Babilônia financeira (os EUA) e o Papa (o Falso profeta).

A influência da Babilônia Americana na nova ordem pode ser vista em Apocalipse 17:16 quando os dez chifres (que representam o Anticristo e seus nove mestres eleitos) devastarão a América. Mesmo com a nova ordem instalada, a Babilônia Americana ainda possui influência na economia, música e artes em geral em todo o muno. A destruição dessa nação se faz necessária para estabelecer a nova ordem econômica:

E os dez chifres que viste na besta são os que odiarão a prostituta, e a colocarão desolada e nua, e comerão a sua carne, e a queimarão no fogo. (Apocalipse 17 : 16)

Mas em quem a maioria dos cristãos vão acreditar?

1) Em um presidente que tem o controle da economia mundial (nesse caso o presidente da vez Obama) ou em um garoto jovem e depravado como o príncipe William (ou o outro filho da Rainha da Inglaterra) que só aparece em noticias sensacionalistas ? Ora, claro que no presidente.

E algo relativamente mais perigoso: Qual sinal sobrenatural tem o maior valor? Um sinal na tumba de João Paulo II ou na tumba de Baha’u’llah (um homem que quase ninguém conhece)? Sem dúvidas…nesse momento a  fama e popularidade  de João Paulo II falarão mais alto.

Enquanto os cristãos fixam seu olhar na estratégia  da nova  Igreja adventista do Báb (EUA + Papa), não aceitarão a verdade oculta revelada de forma simples para serem arrebatados.

Os adventistas dizem que serão protegidos da marca da besta pelo selo de DEUS, que é a volta da santificação do sábado, mas se esquecem que essa mudança será implantada pelo executivo mundial.

Ele ( O Anticristo), segundo as profecias judaicas,  restabelecerá o Sanhedrin, o supremo tribunal religioso e as leis do povo judeu. Esta é uma condição necessária para a reconstrução do Terceiro Templo (…)Ele restabelecerá o sistema sacrifícios, como também as práticas do Ano Sabático (Shmitá)…

Referências:

http://bahaibr.multiply.com/journal/item/7

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ellen_White

http://www.adventistas-bereanos.com.br/maio2004/egwdizquemortosdevemfalar.htm

http://www.cacp.org.br/adventismo/artigo.aspx?lng=PT-BR&article=13&menu=1&submenu=6

http://www.ellenwhiteexposed.com/port/egw1a.htm

http://iasdvaledoslagos.zip.net/

A nova ordem mundial escrita nas estrelas

star9Antes tomastes o tabernáculo de Moloque, E a estrela do vosso deus Renfã, Figuras que vós fizestes para as adorar. Transportar-vos-ei, pois, para além da Babilônia. (Atos 7 : 43)

A estrela de nove pontas, o objeto mais esperado que conduzirá a sociedade global para a meta do milênio número 8 da ONU (Todos trabalhando pelo desenvolvimento) e a marca da nova economia mundial é aguardado por muitas seitas como:

Os Mórmons:

O Livro de Mórmon ensina, por exemplo, que:
• há três deuses separados responsáveis pelo nosso planeta,
• dois deles têm corpos, outrora foram homens (…)”

Ou seja, o terceiro deus não tem uma forma humana.

Fonte: Ministério CACP

Na umbanda (Deus me perdoe), o ponto 9 de OGUM saúda a chegada do prometido da nova ordem mundial:

“09- Olha Ogum Sete Espadas está no reino Ele veio sarava (bis) Saravá todos seus filhos Firma ponto no gongá”

Esse objeto resplandecente também é aguardo por cantores ocultistas como Caetano Veloso

…E Virou tema de abertura das insuportáveis novelas globais:

http://www.youtube.com/watch?v=juxCWjQECc4

Abaixo um artigo sobre a influência das estrelas na espiritualidade da futura sociedade global, onde a estrela de nove pontas inaugura a era da prosperidade da nova ordem mundial:

Como uma luz brilha na escuridão, a estrela freqüentemente é considerada um símbolo de verdade, do espírito e de esperança. Aforismo famoso de Aleister Crowley – “cada homem e cada mulher é uma estrela” liga o símbolo da estrela com o conceito da faísca divina dentro de cada um de nós. Sua natureza noturna dirige as estrelas a representar a luta contra as forças da escuridão e o desconhecido, como sugerido pelo uso de Carl Jung do Mithraismo, dizendo – “sou uma estrela que vai contigo em brilhos para fora das profundezas”. Enquanto a multiplicidade de estrelas pode ter as associações de desintegração, sua natureza fixa traz conotações de ordem e destino. A Estrela é o 17 dos Pontos da Viagem Interior e é um cartão de esperança e, esotericamente, o unir do espírito com a mediação da alma.

Quando uma estrela individual é empregada como um símbolo esotérico, seu significado depende do número e às vezes da orientação de seus pontos. Os significados de uma variedade de símbolos de estrela estão disponíveis abaixo.

O nonagrama ou estrela nove-pontas é um símbolo de realização de estabilidade, esta é uma estabilidade que está sujeita a mudança. Também pode ser relacionado a sistemas de nove pontas, tal como o nove kanji taoísta (centros mediúnicos) que são semelhante ao chakras do Hinduismo

Nove é o número de planetas conhecidos no sistema solar, e o número de deidades no Eneade de Egito antigo. Os egípcios antigos se agruparam as suas deidades de numerosos modos, o mais comum que se torna a tríade eventualmente, exemplificada pelo Osiris, Isis e Horus (tipicamente um deus, uma deusa e um deus jovem). Outros grupos como o Ogdoad primevo de Hermopolis eram usados, mas a coleção conhecida mais antiga era o Eneade, ou grupo de nove deidades. O mais importante destes era o Grande Ennead de Heliopolis, encabeçou por Re ou Re-Atum (deus do sol e criador) e seguiu por Shu e Tefnut (deidades de ar e umidade), Geb e Nut (terra e céu), Osiris e Isis, e Seth e Nephthys. Como uma expressão do número nove e em seu aspecto relativo à influência subconsciente e ancestral, o nonagrama é unido ao séfira de Kabalistica Yesod. Também pode ser relacionado a outros sistemas de nove como o nove kanji taoísta (centros psíquicos) que são semelhantes ao chakras hindu. Estes são: Chu (‘pilar’) à base da espinha, Shen (‘corpo’) as genitálias, Kai (‘aberto’) ao ponto de Hara (duas polegadas debaixo do umbigo), Tai (‘cinto’) ao umbigo, Sha (‘morrer’) ao plexo solar, Jen (‘o homem’) à garganta, Tung (‘entendimento’) ao terceiro-olho, Hua (‘flor’) ao topo da cabeça, e Tao (‘caminho’ ou ‘modo’) na aura.

O pentagrama é um símbolo poderoso de proteção e equilíbrio, mostrado aqui em sua forma elementar com o quinto elemento do Espírito tomando seu lugar adequado acima dos quatro elementos. Este pentagrama incorpora o símbolo oriental de yin-yang para realçar sua harmonizante natureza.

O hexagrama é um símbolo potente da interação do Divino com o mortal, de Deus com a raça humana. Tem elos com o Kabbalah, e também é discutido na Estrela de David e no hexagrama e OM.

O septagrama ou estrela sete pontas é um símbolo de integração e o místico devido a seus elos com o número sete. É associado com as sete planetas da astrologia clássica e a outros sistemas de sete, tal como o chakras do Hinduismo.

O octagrama ou estrela oito-pontas é um símbolo de plenitude e regeneração, e é ligado a sistemas de oito pontas tal como trigramas do I Ching, a roda pagã do ano e o “Ogdoad” do Egito antigo.

http://www.sintoniasaintgermain.com.br/pentagram.html

Categoria: Ocultismo