A mulher vestida de sol em Apocalipse capítulo 12

“E VIU-SE um grande sinal no céu: uma mulher vestida do sol, tendo a lua debaixo dos seus pés, e uma coroa de doze estrelas sobre a sua cabeça.”  (Apocalipse 12 : 1)

Este é um estudo sobre o capítulo 12 de Apocalipse e alguns erros cometidos em três interpretações mais conhecidas. São elas:

1) A interpretação da igreja católica

Segundo Bento XVI , a Mulher de Apocalipse 12 seria Maria e  o filho Jesus. O capítulo, isso segundo o papa,  narra a história da fuga de Jesus para o deserto quando criança e glória de Maria através do sol e da lua.

Nada poderia ser mais distante da realidade, pois o capitulo 12 de Apocalipse fala de um acontecimento futuro. Isso pode ser visto na hora em que o dragão com sete cabeças e dez chifres  persegue a mulher (AP 12:3). Afinal, essa é a forma de governo mundial que será criada pela besta do abismo e o anticristo.

2) A interpretação da igreja adventista

Segundo essa denominação, a mulher representa a igreja deles e eles são os únicos escolhidos por guardarem o sábado.

O Senhor Jesus advertiu em várias passagens na Bíblia  (João 9:6/ Lucas 6:9  Lucas 13:10 / Lucas 13:15…)   que o sábado foi abolido por que vivemos na época da graça do novo testamento, mas nem isso foi suficiente para que os adventistas se arrependam desse erro letal.

Além disso, o versículo de Apocalipse 12:17 diz: “guardam os mandamentos de Deus”, ou seja, a palavra “mandamentos” está no plural e não diz apenas um mandamento. Porém, esse versículo não fala para vivermos segundo a lei deixada por Moises, mas sim pela graça e amor ao próximo.

Assim como os católicos, os adventistas acreditam que o filho também é o menino Jesus.Essa teoria acaba se tornando muito estranha, pois como visto anteriormente  o dragão com sete cabeças e dez chifres é que inicia  a perseguição;  e ele se  refere ao último poder político de satanás na terra.

3) A interpretação da fé Bahá’i (graças a DEUS essa interpretação não tem vídeo)

Segundo Abdu’l’Bahá, filho do cristo cósmico Baha’’u’llah, a mulher de Apocalipse 12 se refere à lei de DEUS ou o pacto. Esse pacto consiste na criação da nova Jerusalém inspirada nos 12 princípios de Baha’u’llah. O filho que está para nascer é o próprio Baha’u’llah. “O sol” simboliza Bahá’u’lláh e a lua Abdu’l-Bahá, por ele refletir a luz de Bahá’u’lláh.

Conclusão:

A verdade é que com essa interpretação maluca da comunidade Bahá’i, os adventistas e católicos são facilmente tragados para o governo mundial. Os católicos devido ao “triunfo do imaculado coração da Rainha dos Céus” e para os adventistas, o executivo mundial (vulgo anticristo) implantará o culto ao sábado, mais conhecido como o “ shabat milenar” judaico. E assim, todos os três vão iniciar o reino de Baha’u’llah na terra inspirados na interpretação errada de Apocalipse capítulo 12.

Esse estudo se concentrou-se apenas nas interpretações referente a mulher e o filho, pois o estudo completo do capítulo é muito mais amplo.

Obs.: Artigo revisado, corrigido e atualizado em 02/05/12 com o objetivo de apresentar os erros mais conhecidos de três interpretações do capítulo 12 do livro de Apocalipse.

http://www.comunidadeadventista.com/2008/09/como-encontrar-igreja-verdadeira.html

http://www.entrybytroops.org/revelation12.html

http://www.catholicnewsagency.com/news/pope-highlights-marys-role-as-woman-of-the-apocalypse/

About these ads
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 212 outros seguidores