O ecumenismo da Igreja mundial do poder de DEUS através do seu símbolo

A igreja criada por Valdemiro Santiago usa o mesmo símbolo do bahaismo (as mãos segurando o globo terrestre). Ele representa a mão unificadora de Baha’u’llah atuando sobre as igrejas cristãs.

Quando Baha’u’llah estende sua mão para uma igreja, o seu líder contempla os raios solares da unidade religiosa. Essa definição encontra-se no vale da unidade (Apocalipse 10:3) como ele mesmo assevera abaixo :

“…A mão da verdade ele estende de dentro da manga do Absoluto (..)Ele contempla todas as coisas com a vista da unicidade, e vê os brilhantes raios do sol divino, que emanam do ponto do alvorecer da Essência, atingirem igualmente todas as coisas criadas, e as luzes da singularidade refletirem-se sobre toda a criação…”(Os Sete Vales – Baha’u’llah).

Antes de inalar as fragrâncias de Baha’u’llah foi necessário colocar uma mordaça no apóstolo para que não fale mal de qualquer religião ocultista. Isso encontra-se em um documento chamado Fórum Inter-Religioso, onde todos esses grandes líderes o assinaram para ter os seus programas de diversidade religiosa na TV. O documento encontra-se no Diário Oficial do Estado de São Paulo  – Executivo – seção I – 8/12/2006.

Os sintomas do vale da unidade são visíveis dentro da igreja mundial. No vídeo abaixo temos uma tribo de índios que recebeu uma suposta cura do “apóstolo”. Mas nesse caso, o  milagre parece mais a presença  dos índios durante o culto.

Observe que os índios usam suas roupas típicas, como cocar. Isso acontece por que Baha’u’llah criou uma igreja cristã onde os costumes tribais (cocar ou uso de pele de animais) devem ser permanecidos, assim não existe uma conversão e sim unificação. Essa lei encontra-se no seu Kitáb-i-aqdas (Apocalipse 10:2)  no artigo abaixo:

K9. “Pêlos de animais não vos invalidam a oração, nem nada que já não tenha espírito, como ossos e coisas semelhantes..Podeis vestir pele de zibelina, assim como usais a de castor, de esquilo e de outros animais.

Em um outro programa, apareceram ciganos sendo abençoados. Valdemiro não se importa com a conversão, mas apenas com o suposto milagre, pois isso atrai cada vez mais pessoas para o seu estacionamento precário que ele chama de templo.

Tanto índios como ciganos aguardam a chegada da nova ordem mundial. Por exemplo, os índios esperam o retorno de Tupã  Tenondé (nome indígena para Baha’u’llah). Segundo a profecia abaixo, após os ossos do cristo cósmico receberem  a porção Alquímica, sua alma se levantará e ele  nascerá em cada pessoa que não conhece o verdadeiro Deus (Apocalipse 17:8):

“ …Depois de fundir-se o espaço e amanhecer um novo tempo, eu hei de fazer que circule a palavra-alma novamente pelos osso de quem se põe de pé (…) Quando isso acontecer Tupã renascerá no coração do estrangeiro; e os primeiros adornados novamente se erguerão na morada terrena por toda a sua extensão…” – Tradição Sagrada Guarani – clã guarani Jequakava.

Os ciganos aguardam a manifestação da SANTA SARA KALI. Ela é uma das madonas negras, ou seja, uma das personificações da Rainha dos céus. No catolicismo ela é conhecida  como Nossa Senhora da Conceição Aparecida. Os Efésios a adoravam sobre o nome de Diana. Ela representa a mãe terra e o princípio feminino do cristo cósmico (sua auxiliadora). A história da Madona Negra possui uma qualidade de mistérios profundos e um segredo herético que não pode ser revelado, a saber o nome do prometido de todas as eras: Baha’u’llah.

O cristo cósmico é representado no símbolo da  roda cigana,  usada para atrair a grande consciência cósmica.

E assim, mais uma vez Baha’u’llah matou três coelhos com um único golpe, a Unidade Religiosa. Éééééé….

Referências:

http://www.emporiocigano.com/simbolo_ciganos.php

http://www.xamanismo.com.br/Poder/SubPoder1191323717It008

http://www.conferenciabahai.com.br/

http://www.impd.com.br/

About these ads
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 217 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: